Corinthians poderia fazer um anúncio de vaga para treinador no Linkedin; veja como seria

Mancini foi demitido após a derrota para o Palmeiras no Paulistão; nomes como os de Renato Gaúcho, Carille e Zago estão na mesa do presidente

Robson Morelli

18 de maio de 2021 | 12h37

Procura-se um treinador dinâmico e envolvido, que aceite morar em São Paulo e que tenha disposição para falar com a torcida sempre que ela quiser cobrar alguma coisa. Não precisa, nesse momento, falar outro idioma, uma vez que o time está fora da Libertadores (para a qual não se classificou) e Sul-Americana (que infelizmente caiu fora da fase de grupo). Disposto a trabalhar com as bases e bom de matemática para reduzir o valor mensal da folha de pagamento, que pode atrasar em alguns meses do ano. O restante tudo se ajeita.

Um pouco da nossa empresa, o Corinthians

1 – Tradicional no futebol brasileiro, com mais de 100 anos de existência
2 – Um clube vencedor
3 – Campeão do Mundo da Fifa
4 – Com elenco limitado, no momento
5 – Sem dinheiro para contratar jogadores
6 – Com dívida de R$ 1 bilhão
7 – Eliminado do Paulista e da Sul-Americana
8 – Casa próprio, a Neo Química Arena
9 – Oferecemos condução para treinos e jogos
10 – Pagamos premiação por conquistas
11 – Sem seguro de vida, apesar do risco do rebaixamento no Brasileiro
12 – Trabalho presencial, com disponibilidade para viajar pelo Brasil
13 – Ambiente saudável, com o presidente eleito democraticamente

Os candidatos devem procurar o presidente no próprio clube.
O Corinthians demitiu Vagner Mancini após a eliminação no Paulistão frente ao Palmeiras. O time cumpre tabela na Sul-Americana porque não vai mais conseguir alcançar o Peñarol, líder do grupo. Pelo regulamento, só o primeiro de cada chave segue no torneio. Nesta semana, ou até encontrar um novo treinador, o time será comandado por uma junta de profissionais do clube, todos com experiência de campo. O Corinthians corre contra o tempo para encontrar o novo profissional, de modo que ele possa começar no Campeonato Brasileiro, cujo início está marcado para o fim do mês.

Na mesa do presidente Duílio Monteiro Alves há alguns nomes. O de Renato Gaúcho é um deles. Haveria uma conversa com o treinador nesta terça, como de fato aconteceu. Renato já disse que dinheiro não é um problema. Ele quer projetos. Há outros nomes, como o de Antonio Carlos Zago e Fábio Carille, além de Dorival Jr. Parece consenso que o clube não vai contratar treinador estrangeiro, a exemplo de seus rivais Palmeiras e São Paulo e, até bem pouco tempo atrás, o Santos também.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.