Dinheiro de Militão cai na conta do São Paulo e isso pode ajudar na contratação de Pato

Dinheiro de Militão cai na conta do São Paulo e isso pode ajudar na contratação de Pato

Diretoria tem R$ 28 milhões para reforçar o time e ajustar as contas

Robson Morelli

25 de março de 2019 | 11h18

O São Paulo já pode gastar, ou investir, os R$ 28 milhões que ganhou com a venda de Militão do Porto para o Real Madrid. O montante já está no clube. Isso pode servir para amenizar dívidas e também bater o martelo na negociação de Alexandre Pato. Pelo menos financeiramente, o São Paulo garante que pode contratar o reforço, que está livre no mercado e já disse que quer voltar para São Paulo. Raí tem conversado com o técnico Cuca no sentido de convencê-lo da necessidade da compra. A diretoria não quer fazer isso sem o aval do treinador.

Cuca voltará ao clube dia 2 de abril, já com autorização médica. Era para ser somente dia 15. A antecipação da data vai ajudar nos trabalhos. Se o São Paulo concretizar sua classificação para a semifinal do Paulista, Cuca terá um time mais animado e competitivo nas mãos. O São Paulo ganhou do Ituano por 2 a 1 e agora joga pelo empate em Itu quarta-feira. O time fez sua melhor apresentação do ano no domingo. Isso motivou os torcedores. Ainda é cedo para comemorar. Mas com um pouco de tranquilidade, o clube pode trabalhar melhor a recuperação de jogadores, como de Hernanes, que foi para o sacrifício desde que chegou em janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:

futebolSão Paulo FCAlexandre Pato

Tendências: