E Felipão vai se adaptando

Robson Morelli

14 de agosto de 2009 | 13h34

A Federação de futebol do Uzbequistão aceitou as reclamações do técnico Luiz Felipe Scolari contra o árbitro que apitou a decisão da Copa local entre o Bunyodkor, tíme do brasileiro, e o Pakhtakor no último fim de semana. A equipe de Felipão perdeu por 1 a 0, teve um jogador expulso no primeiro tempo e um pênalti não marcado. Felipão soltou os cachorros contra o juiz, que ontem foi afastado de suas atividades por 90 dias. O jogo foi validado. Ao lado de dona Olga e do filho mais novo, Fabrício, de 18 anos, Felipão vai levando a vida no Uzbequistão. Começa a trabalhar lá pelas 18 horas apenas. É que durante o dia o calor castiga, a temperatura bate nos 42 graus, cenário onde o futebol é impraticável. Quando o sol baixa, o calor dá uma trégua. O seu Bunyodkor, e também de Rivaldo, tem 12 pontos na liderança do campeonato nacional.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.