E se os hermanos não forem para a África?

Robson Morelli

14 de outubro de 2009 | 10h15

E se a Argentina ficar fora da Copa de 2010? O mundo cai no país vizinho. Teria a mesma conotação (negativa) se ocorresse com o Brasil. Os argentinos que conheço não admitem sequer a possibilidade do fracasso. Mas mesmo com a corda no pescoço, não hesitam em dizer que o Mundial também perderia com isso. Claro, todos nós sabemos disso. O duro é ouvir esse tipo de comentário de quem anda à beira do abismo. Perdem a copa sem perder a arrogância. Dos 17 jogos realizados nas Eliminatórias, a Argentina ganhou sete e perdeu seis. Lamentou ainda quatro empates. Precisa vencer o Uruguai hoje no Centenário de Montevidéu. Parada dura. A rivalidade de uruguaios e argentinos é talvez maior que a de brasileiros e argentinos. O time de Maradona, portanto, não terá moleza. A Argentina soma 25 pontos contra 24 do Uruguai. O irônico de tudo isso é ver a Argentina fracassar sob o comando de seu maior ídolo, enquanto o Brasil, com um técnico que nunca havia sido técnico e que foi um jogador mediano, garantiu a vaga lá atrás.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: