Empresas estimulam funcionários a ver jogos da seleção feminina de futebol na hora do expediente

Empresas estimulam funcionários a ver jogos da seleção feminina de futebol na hora do expediente

Partidas são transmitidas pela Rede Globo

Robson Morelli

11 de junho de 2019 | 10h37

Algumas empresas no  Brasil estão incentivando o futebol feminino em suas repartições e nas horas de expediente. Não, elas ainda não estão jogando futebol nos corredores da empresa, mas isso pode ser uma ideia… Refiro-me à Copa do Mundo de Futebol Feminino que está sendo disputada na França e tem o Brasil como um dos times no Grupo C. O time de Marta, que está machucada, ganhou da Jamaica na estreia e agora enfrenta a Austrália, o mais forte da chave. A Nestlé Brasil, por exemplo, em sua missão de estimular a diversidade e a equidade de gênero, vai mostrar para seus funcionários as partidas da seleção brasileira e das fases finais da competição. A empresa instalou telas nos cafés de todos os 10 andares da sede em São Paulo. “Estimular a diversidade e a equidade de gênero é um compromisso da empresa. Acreditamos que exibir os jogos é uma forma de dar visibilidade aos nossos talentos da seleção feminina e valorizá-las da mesma forma que fizemos ano passado com a Copa do Mundo de 2018”, afirma Marco Custodio, vice-presidente de RH da Nestlé Brasil. Os jogos do Brasil estão sendo transmitido pela Rede Globo, e vão passar a competir com as partidas do time masculino na Copa América. Outra empresa que faz isso é a GetNinjas, plataforma de contratação de serviços.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.