Entrega ou não entrega? Digo que o São Paulo não entrega

Robson Morelli

14 de março de 2014 | 19h46

Mas que dá vontade, dá! O São Paulo poderia, se quisesse, entregar o jogo neste fim de semana para o Ituano e assim despachar o Corinthians das fases decisivas do Paulistão. Pela distribuição da tabela, o time de Muricy Ramalho enfrenta nessa e na outra rodada os dois concorrentes do Corinthians para as duas primeiras vagas do Grupo B. Se Ituano e Botafogo ganharem do São Paulo, o Corinthians está matematicamente eliminado.

O atacante Osvaldo, de acordo com reportagem de Fernando Faro, no Estadão, está preocupado. Se ele fizer o gol da vitória do São Paulo numa dessas partidas, o jogador poderá ser amaldiçoado pela torcida do seu próprio time, como aconteceu com Grafite no passado. O atacante, na ocasião, marcou contra o Juventus em 2004, e salvou o rival do Parque São Jorge da degola.

Para os são-paulinos, não há dúvidas de que o time deve entregar nas duas partidas, tanto para Ituano quanto para o Botafogo. Muricy e Luis Fabiano já comentaram que não há a menor possibilidade de isso acontecer. Não se joga no futebol profissional para perder. Duvido que os jogadores comandados por Muricy façam isso sem o aval do treinador, ou pior, contra a sua vontade.

Dessa forma, aposto que o São Paulo ganhará seus dois jogos. E o Corinthians terá de se virar com as próprias pernas, o que já está de bom tamanho para o time de Mano Menezes.

[poll id=”116″]

Tudo o que sabemos sobre:

corinthians; são paulo fc; paulistão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: