Esporte de raquete mais rápido do mundo parece delicado, mas é intenso: Badminton. Conheça as regras!

Esporte de raquete mais rápido do mundo parece delicado, mas é intenso: Badminton. Conheça as regras!

Numa partida de alto nível são usadas em média dez petecas por causa dos danos provocados pela intensidade dos golpes, que podem atingir 400 km/h. Blog resgata material que estava sendo revisado dos Jogos Olímpicos

Robson Morelli

20 de maio de 2020 | 11h44

Um jogador chega a correr 1 km por partida. Devido às mudanças bruscas de direção da peteca, as pernas são bastante exigidas, devendo responder bem quanto à explosão, impulsão e flexibilidade. Nas Olimpíadas, o badminton distribui medalhas em cinco categorias: simples masculino, simples feminino, duplas masculinas, duplas femininas e duplas mistas. No individual, são 38 vagas para cada gênero, sendo 34 definidas pelo ranking mundial, três por convite e uma garantida ao país-sede. Nas duplas, são 16 vagas abertas, todas decididas pelo ranking.

O blog resgata material produzido para a Olimpíada do Rio, em 2016, que estava sendo revisado pensando nos Jogos de Tóquio. Trata-se de uma produção didática sobre a modalidade. Neste post, informamos sobre Badminton, uma modalidade ainda pouco popular no Brasil e caracterizada por ser um misto de tênis e vôlei de praia jogado com uma peteca e uma raquete. Dizem que ela veio da Índia. Nascido sob o nome de Poona, o esporte ganhou força quando, ainda no século 19, oficiais britânicos em missões na Índia, após ter entrado em contato com o Poona e gostado da prática, resolveram levar o esporte para a Europa. Na Inglaterra, a Poona foi rebatizado de Badminton, após ganhar uma nova versão e ser praticado em Badminton, de propriedade do Duque de Beaufort’s, em Gloucestershire.

O Badminton entrou na lista dos esportes nas Olimpíadas recentemente. Sua primeira participação foi em Barcelona, em 1992. No Brasil, a prática tornou-se competitiva a partir de 1983, quando foi disputada a primeira edição da Taça São Paulo. A Confederação Brasileira de Badminton foi fundada dez anos depois, em 1993. Hoje, conta com 15 federações filiadas. Já a Federação Mundial tem 179 países filiados.
CONHEÇA AS REGRAS DO BADMINTON

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: