Falta um meia ao Palmeiras

Robson Morelli

30 de agosto de 2009 | 22h10

O São Paulo foi mais perigoso no primeiro tempo do clássico com o Palmeiras, que terminou sem gols. Dagoberto, como disse na Rádio Globo sábado, teve a chance de decidir o jogo. O segundo tempo foi do Palmeiras, de Diego Souza, que também teve a bola da partida nos seus pés. Muricy escalou Cleiton Xavier depois de o atleta passar uma semana sem treinar, recuperando-se de lesão. E só o escalou porque não tinha outro à altura. Preferiu colocar Cleiton Xavier sem condições ideais que começar com Dayvid Saconni. Resultado: o Palmeiras perdeu muito no meio de campo, principalmente na parte ofensiva. Com sua decisão, Muricy deu o recado para a diretoria/traffic: precisa urgentemente de outro meia. Com Love, Obina, Ortigoza e Diego Souza, resolve o problema do ataque. Carece agora de jogadores de armação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.