Goleiros roubam a cena no clássico entre São Paulo e Palmeiras

Robson Morelli

21 de agosto de 2011 | 18h41

O gol de Dagoberto foi uma pintura e marcado em um momento do clássico entre São Paulo e Palmeiras em que o time do Morumbi estava mais ofensivo, perigoso, insinuante. A bola não saía da área do goleiro Marcos. Que sufoco para os palmeirenses! Não fosse Marcos o resultado poderia ter sido outro.

Sempre espero um pouco mais desses jogos grandiosos. Acho que o torcedor também, embora ontem no Morumbi apenas 17 mil compareceram. Estava muito frio também na cidade. Mas clássico para mim precisa ter gols bonitos a fim de ser eternamente lembrado. Coube então ao atacante são-paulino honrar essa tradição.

O gol de Dagoberto foi lindo, por cobertura, e em um dos melhores goleiros do Campeonato Brasileiro.

Mas na soma dos dois tempos, digo que o Palmeiras foi melhor e se não fosse também por Rogério Ceni, a equipe de Felipão poderia ter tido sorte mais justa na disputa. O empate por 1 a 1 ficou melhor para o São Paulo, que tem mais pontos e está mais vivo na competição. Pena que com o resultado não se aproximou do Corinthians. O Palmeiras vai ficando para trás porque tem somando um pontinho por rodada. Perdeu para o Vasco e agora tem dois empates seguidos (o outro foi diante do Bahia, no Canindé)

Pena também que tenha faltado um pouco de técnica para os dois lados aos jogadores de linha. Dessa forma, como disse, os goleiros trataram de dar emoção à disputa com defesas importantes e difíceis. Pudera. Eles roubaram a cena. O dia em que Marcos, do Palmeiras, e Rogério Ceni, do São Paulo, pararem, o futebol brasileiro deveria ficar de luto.

Os dois fizeram pelo menos três defesas de valer o ingresso e de ser amaldiçoado pela torcida adversária. São amigos, mas em todas as rodinhas que o assunto é discutido, logo aparece um para fazer a pergunta sem resposta: Quem é melhor, Marcos ou Rogério Ceni?

Como cobri o Palmeiras mais tempo naquela época de Libertadores e Mundial de Clubes, vi Marcos de perto. E nunca vi outro igual. Mas também já vi Ceni fazer defesas de parar o trânsito. Tenho a predisposição de apontar Marcos como o melhor, mas não sei se isso seria justo com Rogério Ceni. Por isso, deixo essa discussão para o leitor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.