Jogadores do São Paulo fecham com o interino Milton Cruz

Elenco pede ao presidente Carlos Miguel Aidar para deixar o auxiliar no comando da equipe

Robson Morelli

26 de abril de 2015 | 15h39

SaoPauloTimeAlexSilvaEstadao25032015_570

Como disse na Rádio Estadão, em conversa com o apresentador e amigo Weber Lima, neste domingo, os jogadores do São Paulo se reuniram com o presidente Carlos Miguel Aidar para pedir a permanência de Milton Cruz no comando do time. A promessa do elenco do tricolor foi a de correr pelo interino. Milton Cruz já disse que não gostaria de ser técnico nesse momento, talvez nunca queira. Entende que seu cargo no São Paulo, de auxiliar, olheiro, consultor ou seja lá o que for, está de bom tamanho. Suas ambições, nesse sentido, são pequenas. E é preciso respeitar isso.

A diretoria do São Paulo viu com bons olhos o comprometimento dos jogadores, mas não está convencida de que deva efetivar o treinador até o fim da temporada, por exemplo. Sabe que não é assim que funciona, que vem aí o Brasileirão e a sequência da Libertadores, e que vai precisar de um treinador de mais peso e liderança. Milton Cruz tem a ajuda de alguns jogadores, como Ceni e Ganso. De qualquer modo, Aidar ganhar tempo para correr atrás de um técnico mais experiente e de estofo, já que Sabella disse não.

Tudo o que sabemos sobre:

São Paulo fc; milton cruz

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.