Lyanco fora do São Paulo e Neilton sem chance com Rogério Ceni

Treinador já tem um time base para a temporada

Robson Morelli

07 de março de 2017 | 13h39

O São Paulo terá duas modificações na sequência da temporada, uma motivada pela necessidade da diretoria de fazer caixa e outra por recomendação do técnico Rogério Ceni. A primeira delas é a venda do zagueiro Lyanco para a Europa por R$ 20 milhões. O provável time é o Atlético de Madrid, mas a diretoria ainda não confirma essa informação de forma oficial. Juventus, da Itália, era outro pretendente. O dinheiro é para pagar a contratação de Pratto. O atacante é hoje um dos principais jogadores do time e a grande esperança de gols no ano.

Para ter Pratto, o clube do Morumbi já contava com essa negociação. Esperou o melhor momento para arrancar mais dinheiro dos europeus.

A segunda mudança diz respeito à decisão do treinador. Com o bom desempenho de Luiz Araújo, Rogério Ceni já sinalizou para a diretoria liberdade para negociar o atacante Neilton. O atacante, ex-Santos, não caiu nas graças do técnico e só permanecerá no elenco caso não apareça nenhuma oferta de negócio. Rogério tem analisado todos os atletas do grupo. Faz parte dos seus ensinamentos como treinador trabalhar somente com os melhores jogadores, ou com aqueles que serão úteis, de alguma forma, ao longo da temporada. Ele não quer elenco inchado.

Tudo o que sabemos sobre:

São Paulo fc; Ceni

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.