Não sei direito o que significa “atitude” no futebol, uma vez que os times treinam para os jogos

Não sei direito o que significa “atitude” no futebol, uma vez que os times treinam para os jogos

Não é de hoje que virou moda falar de altitude, ou falta dela, para explicar momentos ruins, como disse Luxemburgo sobre o Palmeiras

Robson Morelli

03 de fevereiro de 2020 | 10h56

Basta um time jogar mal para alguém decretar que faltou atitude aos jogadores. Confesso que não sei direito o que isso significa. Não passa de desculpa. Luxemburgo explicou a primeira parte do jogo do Palmeiras com o Bragantino com a “falta de atitude” dos jogadores, individualmente e de forma coletiva. Ora, se o elenco treinou a semana para essa partida, como pode chegar em campo e não ter atitude? Que raio é isso, afinal? Acontecer com um ou outro, vá lá, mas com todos!

 

O futebol coleciona chavões e desculpas esfarrapadas há anos. Precisa se livrar delas. Sei que é cedo para qualquer time voar na temporada, mas não entendo como um atleta profissional pode deixar de ter atitude. Mas se isso ocorre, o treinador deveria perceber o mais rapidamente possível para tirá-lo do campo, ou nem escalá-lo. Melhor. Deveria perceber isso durante os treinamentos. isso acontece no Palmeiras, vasco, Cruzeiro, Santos…

Imagina se um bombeiro sofresse desse mal, da falta de atitude. Ou um médico nesses hospitais brasileiros caindo aos pedaços. Pessoas morreriam. O torcedor, de modo geral, não engole mais isso dos jogadores do seu time. Tem de admitir que não jogou bem, que errou, que o rival foi melhor, que a bola não entrou, como naquela em que Dudu quase marcou, que precisa treinar mais… O que não dá é para continuar falando em “falta de atitude”. Não cola mais. O Palmeiras perdeu porque a defesa foi mal, porque Felipe Melo deixou o marcador passar, porque os laterais não contribuíram… Porque o ataque não funcionou. Ou porque simplesmente o adversário foi mais eficiente e melhor.

Precisamos ser mais verdadeiros no futebol.

Tudo o que sabemos sobre:

futebolpalmeirasCampeonato Paulista

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: