Neymar começa a mostrar sua cara no Barcelona

Robson Morelli

25 de setembro de 2013 | 20h25

Neymar começa a se sentir melhor no Barcelona, com mais liberdade dentro e fora de campo. O gesto de ele e Messi entrarem com seus respectivos filhotes no colo na partida desta semana no Camp Nou mostra o quanto o atacante está começando a colocar as asinhas de fora. Neymar sempre foi um jogador descolado, fazedor de moda, até mais do que se permitia aqui no Brasil. Mas como era reizinho na Vila Belmiro, fazia o que bem queria. O fato é que Neymar começa também a ganhar o torcedor catalão. Por enquanto isolado na esquerda, o atacante vai colecionando boas jogadas, algumas assistências e os primeiros gols. Nesta terça, contra o Real Sociedad, na vitória por 4 a 1, ele abriu a contagem para logo em seguida fazer passe para Messi marcar o dele. Pronto. Os filhos de ambos já estavam homenageados.

Ver Neymar virar homem agrada a todos aqui no Brasil. É isso o que está acontecendo com o melhor jogador brasileiro em atividade. Aquele Neymar de cabelos loiros, lisos, encrespados, por vezes desgrenhados, não existe mais. Neymar comporta-se em campo, e imagino fora dele também, como deve ser: com talento e seriedade, mas sem nunca perder a alegria de jogar. O técnico Tata Martino sabe o talento que tem nas mãos. Messi, o argentino conhece de outros carnavais. Precisa agora saber como usar melhor o brasileiro. Ao que indica, pensa em se valer do craque aos poucos, deixando-o passar pelo processo de adaptação normal aos que saem do Brasil para um clube grande na Europa. De modo que Tata estuda a possibilidade de deixar Neymar no banco de reservas algumas vezes. A dúvida é saber se ele fará isso somente nesse começo de parceria e também por causa do desgaste do jogador com a Copa das Confederações e amistosos da seleção ou se realmente pensa em variar o esquema e as peças do time.

Duvido, porém, que o Barcelona abra mão de Neymar e que Neymar abra mão de jogar todas as partidas que puder no time catalão. Quando estava no Santos, Neymar era fominha que só. Queria jogar todas as partidas, pelo menos era assim antes de estar na iminência de se transferir para o Barcelona. Vai ser difícil convencer o craque de esperar sua vez ou da necessidade de descansar para não estourar. Por fim, Nerymar também parou, como se esperava, de voar por aí em comerciais e aparições em festas e programas de tevê. O Barcelona trabalha bem nesse quesito. Seus jogadores são treinados para jogar futebol mais do que fazer qualquer outra coisa.

UM DIA VOU FALAR ISSO PARA ELE
Essa é para Tata Martino, técnico do Barcelona
‘Põe Neymar para jogar todos os jogos, sempre que puder. O atacante é garoto ainda e suporta todas ou quase todas as partidas do time nesta temporada. Os brasileiros agradecem.’

Tudo o que sabemos sobre:

Neymar; barcelona

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: