O Palmeiras passa ridículo ao continuar brigando pelo Paulistão de 2018

O Palmeiras passa ridículo ao continuar brigando pelo Paulistão de 2018

Time não desiste de querer "melar" a conquista do Corinthians por suposta interferência externa da arbitragem

Robson Morelli

16 Agosto 2018 | 14h26

O Palmeiras ainda não desistiu de “tirar” o título do Campeonato Paulista do Corinthians. Edição deste ano. O impasse está nos tribunais desportivos. Os advogados do Palmeiras, a pedido do presidente Maurício Galiotte, entendem que houve interferência externa na arbitragem quando o juiz de campo anulou o pênalti de Ralf em Dudu, e que aquilo teria sido fundamental para a conquista do arquirrival. O Corinthians ganhou o Estadual na casa do Palmeiras e colocou uma mancha no elenco e na direção do clube perdedor. Daí, talvez, tanta vontade de arrumar confusão, de tentar ganhar um campeonato no tribunal. O Palmeiras passa ridículo nesta empreitada. Poderia se envolver com coisas mais interessantes e para frente, jamais para trás.

Corinthians campeão Paulista de 2018

Isso lembra a disputa da Taça das Bolinhas entre Flamengo e Sport, oficialmente pertencente ao Sport. Referia-se ao Campeonato Brasileiro de 1987.

O Corinthians ganhou o jogo, foi campeão e deu a humilhante (para os palmeirenses) volta olímpica dentro do estádio do time alviverde. Paciência. O que a diretoria do Palmeiras tem de fazer é montar times melhores, com comissão técnica mais competente, para ganhar outros campeonatos na temporada. Só isso apaga a derrota para o rival dentro de casa. Tem de ganhar a Copa do Brasil, a Libertadores, o Brasileiro…

E deve esquecer essa disputa nos tribunais pelo Estadual de 2018.

Mais conteúdo sobre:

palmeirasfutebolCorinthians