O que cada time tem para fazer em campo nesta 38ª rodada do Brasileirão. Veja o seu

O que cada time tem para fazer em campo nesta 38ª rodada do Brasileirão. Veja o seu

Flamengo e Inter são os únicos com chances de ficar com o título

Robson Morelli

24 de fevereiro de 2021 | 12h30

O Brasileirão chega para sua última rodada sem saber quem é o campeão. Há decisões que serão conhecidas após os 90 minutos das dez partidas desta quinta-feira, todas no mesmo horário, a partir das 21h30. A CBF faz uma avaliação positiva do torneio que organizou em meio à pandemia, numa antes na história recente do futebol. O blog faz um levantamento do que está em jogo para os 20 clubes da Série A. Lembrando que quatro deles estarão na Série B e outros quatro chegarão da Segundona na edição 2021, marcada para começar em maio.

Foto: Divulgação CBF

Flamengo
Briga para ser campeão. Portanto, chega à última rodada com muitos interesses. Se ganhar do São Paulo no Morumbi, sagra-se bicampeão brasileiro. Ganhou em 2019 sob o comando de Jorge Jesus e agora poderá ganhar com Rogério Ceni. O elenco sai da disputa em alta, assim como seu jovem treinador. Só depende de suas forças. Liderou o Brasileiro em apenas uma rodada, a 37.

Inter
Pode ser campeão também. Mas o Inter não depende de suas forças. Tem de ganhar do Corinthians no Beira-Rio e torcer para o Flamengo apenas empatar com o São Paulo. Assim, ganharia no saldo de gols, uma vez que as duas equipes ficariam com 21 vitórias cada. Fez boa campanha, mas se ficar com o segundo lugar vai ser meio frustrante, uma vez que estava na frente até a rodada anterior. Consagra o trabalho de alguns jogadores e do técnico Abel Braga.

Atlético-MG
Já garantiu permanência na próxima Libertadores. Perdeu fôlego na briga pelo título por problemas internos. Sampaoli vai embora. Ele não conseguiu ser o mesmo que foi no Santos uma temporada antes. Não fracassou, mas se esperava mais dele. Joga com os reservas do Palmeiras. Seu compromisso é manter a terceira posição no Brasileiro e ficar com mais dinheiro da premiação. Pode ser ultrapassado pelo São Paulo.

São Paulo
Pode estragar a festa do Flamengo e de Rogério Ceni, ídolo do clube como jogador. Recebe o Fla no Morumbi. Se ganhar, limpa um pouco sua barra nesse fim de torneio. Fez uma péssima apresentação diante do Botafogo, com derrota de 1 a 0. Há treinador novo e muita indefinição no elenco. Todos estão sendo observados. Joga pela honra dentro de sua casa. Rogério, como treinador, nunca ganhou do São Paulo. Se perder, ficará fora do G-4 e da fase de grupos da Libertadores dependendo do resultado do Fluminense. Precisa ganhar para não perder sua quarta posição.

Fluminense
Encara o Fortaleza, que dificilmente cai. O time do Rio fez campanha de recuperação e deixa o Brasileirão 2020 de moral elevado. Pode ainda roubar do São Paulo a quarta posição. Joga para isso.

Grêmio
Enfrenta o Bragantino com a cabeça em outro lugar, na Copa do Brasil. Faz a final domingo com o Palmeiras. O primeiro jogo. Já tem a pré-Libertadores garantida porque o Santos não consegue mais alcançá-lo. Cumpre tabela.

Palmeiras
Não tem mais o que fazer deste Brasileirão. Vai jogar com o Atlético-MG com time reserva, misto… Só pensa no Grêmio, na possibilidade de ganhar mais uma taça, o que seria sua terceira, uma vez que ficou com o Paulistão e a Libertadores.

Santos
Joga contra o Bahia para se despedir. Cuca foi embora e outros jogadores também já saíram. Nada muda na sua condição. Poderia dar descanso aos atletas para começar o Estadual no fim de semana mais inteiro. Cumpre tabela.

Athletico-PR
Manteve sua condição de time intermediário. Acaba o Nacional na frente de bandeiras gigantes. Joga para manter a posição. Vai disputar a Sul-Americana. Ficou de bom tamanho porque flertou com a parte inferior da tabela. Mesmo se ganhar, não chega no Santos, seu rival do andar de cima.

Corinthians
Acabou virando um fiel da balança para o Inter, que briga pelo título. Joga no Beira-Rio prometendo ser um bom rival. Tem a chance de reduzir ainda mais as chances do Inter. Para o que fez no ano, está de bom tamanho. Não pegou Libertadores, mas se garantiu na Sul-Americana. O time é fraco. Está no nível de Athletico-PR e Bragantino na edição. Pode ainda subir uma posição e terminar a edição em nono. Não muda nada.

Bragantino
Sua missão era permanecer na Série A. Conseguiu. Faz campanha final interessante. Tem a revelação do torneio, o atacante Claudinho. Teve altos e baixos. Vai enfrentar o Grêmio reserva na última rodada. Pode ficar em nono se tiver melhor resultado do que Corinthians e Athletico-PR.

Ceará
Disputa vaga na Sul-Americana. Joga com o rebaixado Botafogo. Se ganhar, vai para a competição internacional, o que seria uma vitória e ainda mais dinheiro. Mas terá de ficar de olho no jogo do Atlético-GO, que também está no páreo. Então, a rodada vale muito.

Atlético-GO
Joga pela Sul-Americana, uma vez que não corre mais risco de cair para a Série B. Recebe o Sport. Quer a vaga, o prestígio e mais dinheiro em 2021. Não é, portanto, um jogo para cumprir tabela.

Sport
Não tem mais nada a fazer neste Brasileirão. Pode atrapalhar em campo as pretensões do Atlético-GO na Sul-Americana. Escapar da degola foi uma vitória para o time pernambucano.

Bahia
Outro time que lutou para não ser rebaixado. Conseguiu, mas terá de fazer muito mais para voltar a ser relevante. Encara o Santos sem nenhuma ambição. Pode descer um degrau na tabela em relação ao Fortaleza.

Fortaleza
Escapou por pouco. Pelo saldo de gols. O Vasco pode chegar no mesmo número de pontos do Fortaleza, mas precisaria tirar diferença de 12 gols na última rodada. Impossível. O Fortaleza se despede diante do Flu.

Vasco
Não conseguiu se salvar. Está espiritualmente rebaixado. Só falta a conta confirmar. Tem de tirar 12 gols do clube acima dele na tabela, o Fortaleza. Joga contra o Goiás, também rebaixado. Antecipam duelo da Segundona.

Goiás
Pega o Vasco sem nada a fazer. Jogo dos rebaixados.

Coritiba
Mais uma vez está na Série B. Visita o Atlético-GO para esquecer o ano. Ficou à frente apenas do Botafogo. Já pensa no Estadual.

Botafogo
Esperou a degola chegar sem reagir. E foi isso o que aconteceu. É o pior time do Brasileirão. Visita o Ceará para cumprir tabela. Queria que a edição do Nacional já tivesse terminada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.