O que esperar de Ronaldinho Gaúcho no Fluminense?

O que esperar de Ronaldinho Gaúcho no Fluminense?

Com a certeza de seu futebol, também chega às Laranjeiras uma série de dúvidas sobre seu comportamento fora de campo

Robson Morelli

14 de julho de 2015 | 11h57

ronaldinhoflu11_570

A contratação de Ronaldinho Gaúcho pelo Fluminense traz algumas certezas e uma série de dúvidas ao clube das Laranjeiras, segundo colocado na classificação do Campeonato Brasileiro. A certeza é de que o torcedor terá um craque para ver em campo, de futebol inventivo e imprevisível, apesar do desgaste e do seu pouco envolvimento com o futebol nos últimos tempos. De longe, Ronaldinho parece ter tomado a decisão de não mais se submeter às obrigações (todas elas) do futebol profissional e competitivo, de modo a alternar algumas apresentações sem deixar de se divertir na vida, seja de manhã, tarde e noite. Imagino que depois de ficar rico, fazer misérias no Barcelona e ser eleito o melhor do mundo, o meia brasileiro optou em ‘curtir a vida adoidado’.

Essa é a imagem que todos têm de Ronaldinho nesse momento, talvez nos últimos anos. É certo também que ele é capaz de arrastar torcedor para os jogos do Flu, aumentar a venda de camisas e cavar alguns novos patrocinadores para o clube. Em campo, não há dúvidas que ele tem condições de ajudar, sobretudo nas bolas paradas e na criação das jogadas ofensivas. Talento nunca é demais em campo.

Com essas certezas, um penca de dúvidas entra com Ronaldinho no vestiário, sobretudo no que diz respeito ao ambiente do clube e do elenco. Uma das preocupações do torcedor é que o meia, com suas festas de arromba, leve alguns dos jogadores do time para o ‘mau caminho’ e que isso faça com que a temporada desande. Outra incerteza é saber na posição de quem Ronaldinho vai atuar, se ele aceitaria ficar no banco em algumas partidas, uma vez que o Flu está acertado. É claro que Gaúcho tem lugar no time, mas é difícil para o treinador mexer numa formação que está ganhando jogos.

Da parte financeira, talvez o torcedor entenda que esse é um problema do clube. Se contratou, no entanto, tem de pagar. Ronaldinho merece esse respeito independentemente do que faça ou deixe de fazer no futebol. Se não fosse sua saturação, certamente ele poderia atuar em grande estilo, se não como antigamente, ao menos com mais comprometimento. Ronaldinho, como todos sabem, já foi aplaudido de pé pela torcida do Real Madrid dentro do Santiago Bernabéu quando atuava pelo Barcelona. Isso não é para qualquer um.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: