O são-paulino ainda torce

Robson Morelli

21 de setembro de 2009 | 20h44

A conta dos são-paulinos é pra lá de absurda. Muitos diriam impossível até. O Cruzeiro precisa ganhar do Palmeiras com cinco gols de diferença para que o time do Morumbi assuma a liderança no saldo de gols. Hoje, São Paulo e Palmeiras empatam em número de pontos (44) e vitórias (12). No saldo está 14 a 10 para os palestrinos. Sofrer cinco gols é muita coisa dada a qualidade técnica dos dois times. Nem para um lado nem para o outro. Tivesse um real para apostar, apostaria no Palmeiras, mesmo no Mineirão. Mas como futebol não é um esporte de somas exatas, e já vi muitas goleadas em partidas que não esperava, vamos todos ficar diante da tevê ou nas arquibancadas do Mineirão para acompanhar o duelo desta quarta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.