O torcedor do Palmeiras aposta tudo em Valdivia

A diferença do craque para os jogadores comuns é essa cobrança para resolver a partida, como ocorre com o meia chileno no Palmeiras

Robson Morelli

05 de dezembro de 2014 | 11h53

valdiviasergiocastroestadao_570

Todo mundo sabe que no futebol, o coletivo ganha jogos e campeonatos. O Cruzeiro mostrou isso neste Brasileirão. Digo ainda que a Alemanha também se valeu de seu conjunto para ganhar uma Copa do Mundo. Mas é inegável que o craque tem peso e destaque diferentes nessa equipe. É por isso que a salvação do Palmeiras passa pelos pés de Valdivia, goste ele ou não. O palmeirense pode até entender que o meia chileno é responsável pelo fracasso do time na temporada, porque não esteve presente e ficou fora de partidas complicadas e importantes, esteve sempre machucado e sem condições de atuar.

Há muitos que avaliam o custo-benefício de Valdivia como negativo. Ou seja, o Palmeiras mais perde do que ganha com ele. E isso já vem de anos. Daí a saturação com o jogador. Ocorre que sua presença em campo dá outro alento ao torcedor, sua esperança aumenta e a certeza de vitória torna-se real. O Palmeiras é um com Valdivia e outro sem ele. Isso é inegável, gostando ou não o torcedor palmeirense do jogador.

Por isso que a pressão é grande em suas costas nesta partida contra o Atlético-PR. O Palmeiras precisa vencer para não cair. Valdivia será responsabilizado pelo fracasso e duvido que será reverenciado pelo sucesso. É a sina do craque que se mostra ausente na maior parte do tempo. Esse é o drama do chileno. A impressão que se tem dele é que nunca esteve de corpo e alma no trabalho. Suas ausências, diga-se, só ocorrem por lesão. Mesmo assim, elas ocorrem com frequência. O torcedor não gosta, fala em corpo mole.

O fato é que está então nos pés de Valdivia o destino do clube. Na Série B, o Palmeiras perde muito. Além de prestígio, perde dinheiro, atrasa um ano em seu crescimento. O palmeirense já viu esse filme e não gostaria de vê-lo novamente. Se o Palmeiras escapar, é mais uma chance de arrumar a casa e conseguir melhor sorte em 2015.

Tudo o que sabemos sobre:

Palmeiras; valdivia; brasileirão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.