Palmeiras em alerta: começou o salto alto

Robson Morelli

24 de fevereiro de 2012 | 11h41

Alerta no Palestra Itália. E Felipão já percebeu que as boas vitórias no Campeonato Paulista deixaram alguns jogadores de salto alto, prepotentes em campo. Foi o que aconteceu diante do Oeste, no empate por 1 a 1 no Pacaembu. O Palmeiras estava numa preguiça de jogar futebol de doer.

Não tratou o adversário com respeito. Foi cínico em muitos lances achando que a vitória viria a qualquer instante. Não veio. E o resultado tirou o time da liderança da tabela, empurrando-o para terceiro colocado.

Na várzea, quando os jogadores parecem se arrastar em campo, dizem que ele comeu um feijoada antes.  O empate foi péssimo para o Palmeiras e Felipão sabe disso. Principalmente porque domingo faz o clássico com o São Paulo. Pode cair anida mais na tabela.

RIO – Jogão esse entre Botafogo e Fluminense. A fórmula de disputa do Cariocão é bem mais interessante, menos cansativa e mais atrativa para o torcedor que a do Campeonato Paulista

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.