Paulistão vai concentrar as 16 equipes nas rodadas que faltam até sair o campeão de 2020

Mas ainda não há datas previstas para recomeçar e times que forem sendo eliminados vão saindo da concentração obrigatória. Veja as orientações da FPF

Robson Morelli

28 de maio de 2020 | 19h00

A Federação Paulista de Futebol resolveu adotar o formato de Copa do Mundo para terminar o Paulistão 2020. Os 16 clubes do torneio vão ter de se concentrar para as partidas que faltam. Elencos e comissão técnica ficarão incomunicáveis, sem a presença de familiares e sem voltar para casa. Vão se confinar num CT e hotel até o torneio terminar e sair o campeão. Quem for eliminado, deixa a concentração. A disputa parou na 10ª rodada da fase classificatória, faltando mais duas para as 16 equipes. Portanto, todos “vão” para essa Copa Estadual.

Depois dessa fase, restarão 8 times. Esses ficarão concentrados por mais tempo, e assim por diante até sobrarem os finalistas. São seis datas, que podem ser jogadas em duas semanas. No plano de flexibilização do governo Doria, o futebol não foi contemplando. Está certo que a volta dos torcedores aos estádios só se dará na última fase. Antes disso, não acontece. Isso quer dizer que os treinamentos nos CT só se darão mais para frente. O mês de julho é o foco para tudo isso acontecer, tantos os treinamentos quantos os jogos finais.

A FPF vai tomar uma série de precações, uma delas é fazer testes regulares nos jogadores. Ninguém no futebol ficará sem ser testado. E eles serão feitos mais de uma vez. A Federação deve bancar os exames. Serão mais de 3 mil testes. Os clubes não forçarão jogador que não se sentir seguro para retornar. Eles ficarão apenas treinando. As partidas, quando retomadas, servirão também para passar mensagens otimistas para as pessoas e de proteção e saúde. Os jogadores vão entrar com faixas nos jogos, mesmo sem torcida. O recado será dado pelas imagens de TV. Todos usarão máscaras.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: