Pontos corridos ou mata-mata

Robson Morelli

12 de outubro de 2009 | 14h52

A Globo voltou à tona em prol do Campeonato Brasileiro no sistema de mata-mata, como era antes, começando as disputas diretas em duelos de ida e volta a partir das oitavas de final. O momento é propício já que a discussão sobre uma adequação do calendário brasileiro ao europeu ganha força no cenário nacional. Ela pode abrir mão de datas para impor o sistema de disputa. A emissora sempre torceu o nariz pelos pontos corridos. Alega que a outra forma é mais emocionante. E, claro, dá mais audiência, seu grande negócio. A discussão, diga-se, é recorrente em todo fim de Brasileiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: