Quanto vale a Copa do Brasil para os quatro semifinalistas

Quanto vale a Copa do Brasil para os quatro semifinalistas

Vale uma conquista, uma vaga na Libertadores e uma boa bolada em dinheiro

Robson Morelli

17 Agosto 2018 | 11h09

Palmeiras, Cruzeiro, Flamengo e Corinthians têm bons motivos para focar na Copa do Brasil a partir de agora. São três bons motivos. Ganhar uma competição. Obter vaga para a Libertadores do ano que vem. E meter a mão em R$ 50 milhões. Os jogos são mata-mata. Palmeiras e Cruzeiro de um lado e Corinthians e Flamengo de outro.

O dinheiro oferecido pela CBF para os participantes foram assim distribuídos:

Campeão – R$ 50 milhões
Vice- R$ 20 milhões
Semifinalistas – R$ 6,5 milhões
Quartas de final – R$ 3 milhões
Oitavas – R$ 2,4 milhões
Quarta Fase – R$ 1,8 milhão
Terceira Fase – R$ 1,4 milhão
Segunda Fase – R$ 1,2 milhão/ R$ 950 mil / R$ 600 mil
Primeira Fase  – R$ 1 milhão/ R$ 880 mil/ R$ 500 mil

A competição começou com 80 clubes. É preciso ter muita paciência e bom planejamento para disputar o torneio. Não sei dizer se os semifinalistas tiveram isso. Aqui no Brasil algumas classificações acontecem por acaso, sem planejamento sem nada. Vai-se jogando. Um time bem treinado, mesmo que não seja o principal, pode muito bem ter sucesso na Copa do Brasil. Vejo cada vez mais perto a necessidade de os clubes terem duas equipes boas para diferentes competições. Mais ou menos como o Grêmio fez na temporada passada. Os jogadores não estão suportando jogar tantas partidas num mesmo nível. O futebol está feio e a equipe parece sempre focada na próxima partida e não naquela que se está disputando.

Sobre o dinheiro da premiação, nada mal. Com 50 milhões, um time de primeira linha que supostamente tenha uma folha de pagamento de R$ 10 milhões por mês, conseguiria bancar cinco meses de trabalho. R$ 10 milhões é uma folha de pagamento alta para os padrões do futebol brasileiro. E também para o que os times andam mostrando em campo.