R$ 120 para ver um jogo no Morumbi é demais para o torcedor

R$ 120 para ver um jogo no Morumbi é demais para o torcedor

O consumidor brasileiro sabe pelo que paga e tem de avaliar se vale ou não a pena desembolsar esse valor por 90 minutos

Robson Morelli

25 de fevereiro de 2015 | 14h58

SaopauloDanielTeixeiraEstadao_570

Um ingresso para o lugar mais simples do Cícero Pompeu de Toledo custa na Libertadores R$ 120. Há outros por preços mais altos. Se o torcedor comprar três ingressos para os três jogos em casa da fase de grupo, vai ter de desembolsar R$ 300, tendo, portanto, R$ 20 de desconto em cada um deles. O consumidor brasileiro é capaz de avaliar pelo que paga. Vale gastar R$ 120 em 90 minutos para ver seu time jogar? Quem comprou, acha que sim. O número de torcedor nesta partida entre São Paulo e Danubio, no Morumbi, vai responder a essa pergunta. Se a casa estiver cheia, vale sim. Se não, a conclusão é que o torcedor preferiu segurar o dinheiro.

Vale lembrar que clubes como Palmeiras e Corinthians estavam cobrando valores até maiores do que os R$ 120. Depois, baixaram. Para alguns setores de seus estádios, os preços dos ingressos são salgados. Cada um cobra o que acha que deve. O torcedor compra se quiser.

O FICO DE JADSON

O dinheiro não falou mais alto para Jadson. Ele voltou atrás depois de dizer que aceitaria a transferência para a China e decidiu permanecer no Corinthians, onde é titular. Sua decisão o faz cair de vez nas graças do torcedor corintiano, que saberá reconhecer isso na arquibancada, não tenho dúvidas. O dinheiro, R$ 11,2 milhões, era bom, mas não pode ser a única coisa na vida de um profissional.

Tudo o que sabemos sobre:

São Paulo fc; Jadson; Corinthians

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: