Ronaldo abençoa a chegada de Vinicius Junior ao Real Madrid. Isso tem um simbolismo gigante

Ronaldo abençoa a chegada de Vinicius Junior ao Real Madrid. Isso tem um simbolismo gigante

Atacante, ex-Flamengo, dá sua primeira entrevista como jogador do clube espanhol

Robson Morelli

20 de julho de 2018 | 09h48

Que jogador não gostaria de ser apresentado num clube com a bênção de Ronaldo Fenômeno, sobretudo se o cara é atacante como o ex-jogador? Pois foi exatamente dessa maneira que Vinicius Junior mostrou sua cara de forma oficial como novo reforço do Real Madrid na manhã de hoje na Espanha. O garoto de 18 anos foi comprado por 45 milhões de euros do Flamengo, que esperou sua maioridade para entregá-lo. Vinicius Junior treinou a semana toda no Centro de Treinamento do Real Madrid, já conheceu a maioria dos novos colegas de trabalho e agora inicia sua nova etapa na carreira. Se for analisar friamente, apesar da desenvoltura do menino e de alguma experiência conseguida no time da Gávea, trata-se de um garoto apenas.

Um garoto que já tem a responsabilidade de jogar no grande, no gigante, Real Madrid. Se Vinicius Junior não tiver a cabeça no lugar, ele vai pirar. É muita responsabilidade para um atleta recém-saído das bases, de pouca idade, de família humilde e que “camelou” para chegar onde está. Por isso me agrada muito ver Ronaldo ao seu lado. Essa experiência do Fenômeno pode ajudá-lo muito em Madri. Muito mesmo. Me parece também que Ronaldo está na posição certa agora. Como comentarista da Globo ele está longe de empolgar, de agradar. Mas esse papel que acaba de fazer na apresentação de Vinicius Junior é o seu papel, de fato.

Ronaldo é reverenciado na Europa e no mundo. Vi de perto, quando ele jogava, o tamanho do seu carisma. Isso sem falar de tudo o que fez dentro de campo. Ficar com Vinicius Junior fará diferença para o garoto, que deve ser emprestado para clubes menores na Espanha a fim de ter sua adaptação facilitada na Europa. Isso só não vai acontecer se Vinicius Junior impressionar a ponto de convencer a comissão técnica do Real Madrid de mantê-lo no elenco.

Confesso que nunca me encantei com o futebol desse garoto, mas certamente o vi em jogos em que ele não foi tão feliz. O Real Madrid não é de rasgar dinheiro ou comprar jogadores ruins. Não mesmo. E agora o vendo ao lado de Ronaldo, entendo que ele subiu alguns degraus de importância. Ronaldo está na dele e deve ganhar dinheiro por isso. Mas sua presença faz sim diferença.

Vale lembrar que o Real Madrid também já comprou Rodrygo, do Santos. O atacante será entregue quando completar 18 anos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.