Santos, Palmeiras e São Paulo ainda têm o que fazer neste Brasileirão 2019

Santos, Palmeiras e São Paulo ainda têm o que fazer neste Brasileirão 2019

Os dois primeiros brigam pela segunda colocação; o tricolor, por vaga na Libertadores de 2020

Robson Morelli

28 de novembro de 2019 | 11h56

Paulistas ameaçados… O Brasileirão já tem seu campeão, o Flamengo, mas ainda há muitas decisões na temporada. A turma que briga para não cair se agarra em fios de esperança para seguir na primeira divisão. Há grandes neste enrosco, como Cruzeiro e Fluminense. Penso que o Botafogo não corre tantos riscos mais. Os paulistas também ainda têm algo a entregar para seus torcedores. Estão ameaçados de alguma forma neste fim de ano.

3º lugar será mais uma derrota… O Santos mede forças com o Palmeiras pela segunda colocação. Ambos estão empatados em 68 pontos. Jogam nesta quinta-feira na condição de visitantes. O Santos encara o Fortaleza e o Palmeiras, o Fluminense. Partidas duras para todos. Ficar em terceiro lugar será mais uma derrota para esse Palmeiras, agora sob o comando de Mano Menezes. O time era cotado para ganhar tudo e já se sabe que não terá nada. Mas perder colocação para o Santos poderá causar efeitos no elenco e na direção. Os protestos vão se intensificar. Se isso acontecer, o clube deixa de ganhar R$ 2 milhões, uma vez que a premiação do terceiro colocado é menor em relação ao segundo: R$ 31 milhões contra R$ 29 milhões.

O vice seria bom para o Santos… Mas do que isso, o resultado aumentaria a decepção dos torcedores palmeirenses. Para o Santos, no entanto, seria um bom prêmio de consolação, uma vez que o time da Vila Belmiro tem elenco mais modesto e contado do que o Palmeiras. O vice-campeonato também poderia jogar luz às negociações do clube com o técnico Jorge Sampaoli. Até agora não se sabe se o argentino ficará no clube em 2020, mesmo tendo contrato por mais uma temporada. Os bastidores da Vila indicam que essa permanência está difícil de ocorrer neste momento, mesmo com o presidente Peres dizendo que vai aumentar o salário do treinador.

O São Paulo não muda… Há ainda o resultado do São Paulo na competição. O time não consegue fugir do seu enredo de ir mal, não ganhar partidas, perder posições e esquentar seus bastidores. Ninguém está contente no Morumbi. Fernando Diniz, por incrível que pareça, não está seguro no cargo, mesmo tendo sido contratado há alguns meses. Esse é o São Paulo. Não muda. Não vai ganhar nada. Joga para consumar um lugar seguro na Libertadores do ano que vem. A permanência de Raí no comando do futebol também não está garantida em 2020. Seu contrato acaba em dezembro. Ele será avaliado após a temporada. Se o São Paulo se classificar, suas chances de ficar serão maiores. Ele também ainda não manifestou seu desejo. Tem outros tantos negócios e pode por conta própria deixar o clube onde foi ídolo como jogador.

Tudo o que sabemos sobre:

futebolSantos FCSão Paulo FCpalmeiras

Tendências: