O Santos vem chegando. E São Paulo e Corinthians decepcionam

Robson Morelli

21 de setembro de 2011 | 23h53

O Santos festejou ontem sua oitava partida seguida sem perder no Campeonato Brasileiro. Bateu o lanterna América-MG por 2 a 1 em Uberlândia, no Parque do Sabiá. O América mineiro está cada vez mais perto da Segunda Divisão de 2012. Vai ser difícil sair desse buraco. O Santos, em compensação, está cada vez mais perto dos primeiros colocados.

Com os três pontos do Parque do Sabiá, o Santos chegou aos 35 pontos, mesmo número do Palmeiras, que joga nesta quinta-feira contra o Ceará, no Canindé.

Se deixar o time de Muricy chegar, vai ser duro para a concorrência. E olha que o Santos tem dois jogos a menos que os rivais. O problema nessa corrida é saber até onde Muricy quer o Santos envolvido no Campeonato Brasileiro lá na frente, quando o elenco estará com a cabeça no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.

Perguntei isso para Neymar segunda-feira e ele me disse que o treinador ainda não falou nada do Mundial de Clubes para os jogadores e que a ordem é se concentrar no Brasileiro. Seria para tirar o chapéu se o Santos fosse bem no Mundial e no Brasileiro.  Não dá para duvidar de Neymar e seus companheiros.

EM MINAS
Neymar resolveu mais uma vez a parada para o Santos contra o América-MG. Ajudou Borges e Dracena a marcarem os gols da vitória. E fez a alegria das criançada em campo.

NO MORUMBI
O São Paulo perdeu a chance de dormir na primeira colocação de forma isolada. Foi melhor durante o jogo inteiro contra o Corinthians, mas ninguém pode dizer que o resultado foi injusto. Casemiro acertou uma bola na trave e ficou nisso. O Corinthians mais se defendeu que atacou. Daria até para dizer que foi time pequeno no Morumbi. Mas não dá. Tite organizou a equipe para não perder. E conseguiu.

O São Paulo andou, andou, andou e também não saiu do lugar. Não mereceu resultado melhor.

Com o pontinho no clássico, o São Paulo subiu para a primeira colocação, com 45 pontos, mas empatado com o Vasco, que joga nesta quinta-feira com o Atlético-GO. Se ganhar, abre vantagem. O Corinthians aumentou um grão em sua sacola: tem agora 44 pontos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.