São Paulo e Diniz acham os gols que todos no São Paulo precisavam neste Paulistão 2020

Vitória de 4 a 0 sobre o Oeste recoloca o time do Morumbi em outro patamar no Estadual

Robson Morelli

22 de fevereiro de 2020 | 19h31

Os dois gols de Alexandre Pato e de Daniel Alves mudam o patamar do São Paulo no Campeonato Paulista. O técnico Fernando Diniz e o elenco do Morumbi encontraram, finalmente, os gols que precisavam nesta vitória de 4 a 0 sobre o Oeste. A goleada trará um pouco de paz para todos. Apesar dos sorrisos, Pato estava incomodado com a falta de gols (mais de seis meses), independentemente dos erros de arbitragem. Daniel Alves procurava há meses uma atuação como a que teve em Barueri. Diniz “sonhava” com tantos gols assim, sabedor de que eles saíram graças também ao seu trabalho diário no CT da Barra Funda. Como dizem alguns jogadores, estão todos de parabéns.

Para o treinador, a vitória traz ainda um alento sobre sua permanência no clube. Desde que chegou, em nenhum momento, Fernando Diniz teve sossego. Tem sido um bravo diante de tantas críticas, algumas vindas do próprio Morumbi. Muitas também injustas. Há a sombra de Sampaoli em sua cola. Diniz precisa sim de uma sequência de vitórias e gols. Quando o São Paulo vencia por 1 a 0 e via o rival ganhar terreno, ele pedia para o time aumentar a velocidade. Em campo, parecia que a equipe jogava com o freio de mão puxado. Então, está mais do que na hora de Diniz ter um líder, ou mais de um, dentro de campo, para que os jogadores sigam suas ideias e pedidos. Isso não acontece. Se acontece, demora a acontecer.

É cedo para comemorar, mas não tão cedo assim. O time é bom. Precisa melhorar na marcação no meio de campo. O resto acontece. Uma sequência de boas apresentações dará ao São Paulo exatamente o que todos no Morumbi querem. Mais confiança. Não adianta ganhar de quatro numa partida e perder a outra. É isso o que está em jogo no São Paulo nesse momento. E nem toda responsabilidade das bolas que não entram é de Diniz. Ainda há alguns jogadores em outra rotação, ou se achando mais do que entrega em campo.

Tudo o que sabemos sobre:

futebolCampeonato PaulistaSão Paulo FC

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: