São Paulo está prestes a perder dois jogadores, Lucão e Rodrigo Caio. Saiba para quem!

São Paulo está prestes a perder dois jogadores, Lucão e Rodrigo Caio. Saiba para quem!

Não está descartada a possibilidade de o clube sofrer uma debandada após a invasão dos torcedores no CT

Robson Morelli

29 Agosto 2016 | 10h21

O zagueiro Lucão tem tudo acertado com o Dínamo Zagreb. Será emprestado por uma temporada, com o valor do contrato pré-fixado em 6 milhões de euros (R$ 22 milhões). Pelo menos esse é o pedido da diretoria do São Paulo na transação. O clube croata tenta estipular o valor em US$ 2 milhões (R$ 6,5 milhões). O tricolor não abre mão de fixar o seu valor. Lucão pediu para sair.

SPPROTESTORafaelArbexEstadao750

Da mesma forma, o São Paulo perderá em breve o zagueiro Rodrigo Caio, recém-cortado da seleção principal de Tite por lesão e que acaba de ajudar o Brasil a ganhar o ouro olímpico nos Jogos do Rio. Rodrigo Caio vai para o Sevilla nesta janela de negociação da Europa. O São Paulo tem oferta de 9,5 milhões de euros do clube espanhol. Isso equivale a R$ 34,8 milhões, com 80% desse valor pertencente ao São Paulo – daria R$ 28 milhões.

Ocorre que o São Paulo tem oferta mais generosa do Hamburgo, da Alemanha, no valor de 12,5 milhões de euros (R$ 45 milhões). Trata-se de uma diferença gorda, de pouco mais de R$ 10 milhões. Mas Rodrigo Caio cismou que tem de ser vendido para a Espanha, para o time de Ganso. Parte da diferença de uma proposta para a outra será compensada com o rendimento do jogador no clube espanhol.

Esses são os dois próximos jogadores que deixarão o Morumbi. Mas não está descartada a possibilidade de mais baixas após o episódio ocorrido no CT da Barra Funda com a invasão da torcida sábado, durante treino do time, em que três jogadores (Michel Bastos, Carlinhos e Wesley) foram agredidos sem danos físicos graves, mas profundamente ofendidos na alma, porque estavam no ambiente de trabalho e não tiveram segurança adequada.

Se o propósito era assustar um elenco que não ganhar e derrapa na temporada, o objetivo foi alcançado. E isso poderá gerar o pedido de saída de outros jogadores até o fim do ano, ou antes disso.

Mais conteúdo sobre:

São Paulo fc; futebol