São Paulo fez B.O. na 14ª DP após emboscada do ônibus no sábado e pretende levar caso adiante

São Paulo fez B.O. na 14ª DP após emboscada do ônibus no sábado e pretende levar caso adiante

Catorze torcedores foram detidos após eles atacarem pedras na delegação antes do jogo contra o Coritiba: 1 a 1

Robson Morelli

25 de janeiro de 2021 | 16h09

A diretoria do São Paulo promete não amolecer em relação aos torcedores que fizeram emboscado ao ônibus do time no sábado, antes do empate com o Coritiba. Um Boletim de Ocorrência foi aberto na 14ª Delegacia de Polícia, nas imediações de onde aconteceu o ataque, em Pinheiros. Nenhum jogador ficou ferido. A Polícia prendeu 14 pessoas. O São Paulo não quer tratar o assunto como uma simples cobranças de seus torcedores pelo mau futebol apresentado. Deve ir até o fim nessa história. Há uma questão interna no clube que diz respeito ao possível vazamento da informação do trajeto do ônibus, o que não deve ser levada adiante. Os jogadores não comentaram sobre o episódio. O São Paulo volta a campo domingo, fora de casa, contra o Atlético-GO. No dia 5 de fevereiro, o São Paulo enfrenta o Palmeiras no Morumbi.

Foto. SPFC

Tudo o que sabemos sobre:

futebolSão Paulo FCtorcida

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.