Trio de ferro de São Paulo faz feio na segunda rodada do Brasileirão

Palmeiras, São Paulo e Corinthians perdem para Ponte Preta, Internacional e Vitória, respectivamente

Robson Morelli

22 de maio de 2016 | 21h58

A segunda rodada do Campeonato Brasileiro foi terrível para o trio de ferro de São Paulo, para não dizer trágica. Na ordem das partidas, o primeiro a deixar seu torcedor decepcionado foi o Palmeiras, que apanhou da Ponte Preta em Campinas. A derrota de 2 a 1 foi o resultado de um time que marcou mal e não soube transformar em gols as chances criadas. Não foram poucas. O Palmeiras também não jogou mal. Poderia ter vencido a segunda na competição e assumido a liderança isolada da tabela.Ocorre que nos dois gols, vacilou na marcação, cometeu erros primários de combate na área e se deu mal. Cuca ainda acabou expulso e agora não estará na beira do gramado na quarta, contra o Fluminense, em São Paulo. Em casa, não pode perder pontos. Sabe disso. Todos sabem disso no Brasileirão. Barrios ainda ficará fora. Dudu deverá retomar seu lugar no time. O paraguaio ficará até três semanas de molho, de novo.

Se o Palmeiras, que fez bonito na estreia, ganhando do Atlético-PR por 4 a 0, não teve a mesma sorte na segunda jornada, o mesmo aconteceu com o São Paulo. Depois de somar pontos contra o Botafogo valendo-se de um time reserva por causa da Libertadores, contra o Inter, em casa, apanhou de 2 a 1, num duelo cheio de alternativas, faltas duras e expulsão. O São Paulo estava cansado e ainda saboreando a classificação para a fase semifinal da Libertadores, que só volta em cena dia 6 de julho. Mas o time de Bauza bem que tentou superar o Inter. Não conseguiu. A derrota também fez a equipe do Morumbi perder a chance de pular para a ponta, respirar mais aliviado e focar um torneio que mais para frente se tornará secundário de novo.

Em pior situação está o Corinthians, que ainda não ganhou no Campeonato Brasileiro.Empatou em casa com o Grêmio na estreia e neste domingo tomou pau do Vitória: 2 a 3 na casa do rival da Bahia. Da mesma forma que seus ‘parceiros’ de São Paulo, o Corinthians teve a chance de ganhar, esteve na frente do marcador e perdeu alguns gols certos, como o de Marquinhos Gabriel por cobertura, que o goleiro pegou com a ‘unha’. Um empate e uma derrota deixam o torcedor corintiano preocupado. A derrota ocorre na mesma semana em que torcedores tomaram o CT de assalto para conversar com dirigentes e jogadores, cobrar e colocar mais pressão após os fracassos no Paulista e Libertadores. Então, mais uma vez ficou provado que esse tipo de cobrança não faz o time ganhar.

A terceira rodada reserva caminho duro para o trio de ferro paulista. Apenas o Santos conseguiu vencer: bateu o Coritiba por 2 a 1 num dos jogos das 11 da manhã do domingo. O Palmeiras mede forças com o Fluminense em casa. O Corinthians recebe a Ponte Preta, embalada pela vitória contra o rival Palmeiras. E o São Paulo visita o Coritiba.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.