Vai começar a Libertadores e o Brasil está muito bem representado

Robson Morelli

12 de fevereiro de 2013 | 15h33

Os times brasileiros são sempre favoritos na Libertadores. E cada vez mais. Exceto pela turma da Argentina, dificilmente o campeão escapa de um clube desses dois países. Nesta temporada, aposto que o caneco, mais uma vez, vem para cá. Os representantes são times fortes que se prepararam para ir bem na competição. A Libertadores é o grande objetivo dos times do Brasil. Ninguém nega isso. E nem tanto pelo dinheiro do prêmio, na ordem dos R$ 5 milhões somando todas as fases, mas muito pelo dinheiro de bilheria (perto dos R$ 2 milhões nas fases decisivas) e do prestígio que é disputar o Mundial de Clubes da Fifa no fim do ano, que também rende ao campeão uma boa grana (perto dos R$ 8 milhões).

[poll id=”47″]

São seis os times do Brasil que brigam pelo caneco: Corinthians, Palmeiras, Grêmio, Fluminense, São Paulo e Atlético-MG. E cada um com sua armas.

Corinthians
O atual campeão da Libertadores e campeão do mundo após derrubar o Chelsea tem tudo para repetir a dose nesta temporada. O time é o mesmo que embalou a torcida em 2012, com o reforço de Alexandre Pato. Portanto, mais forte. Tite usou o começo de 2013 para preparar o elenco. Guerrero, após os dois gols no Mundial e alguns neste começo de ano, é um atacante mais confiante. Vai ajudar mais. O Corinthians ocupa o Grupo 5.

Palmeiras
Esse sim vai ser um figurante na competição, salvo alguma coisa muito diferente aconteça na Academia. Com o elenco que tem e os reforços que estão chegando, o time não consegue encarar a Libertadores com a grandeza de sua tradição. Mas todos sabem que seu grande objetivo é subir para a Série A do Brasileiro. Vai na Libertadores até onde der. O Palmeiras está no Grupo 2.

São Paulo
Está com um time bem montado e com Ney Franco muito mais à vontade no cargo do que na temporada passada. Ceni sabe que talvez essa seja sua última Libertadores. Então, penso que vai motivar o elenco até o fim. Ganso precisa resolver sua situação para ajudar um pouco mais. Até agora, está devendo. O São Paulo é um time copeiro e terminou a temporada passada faturando a Sul-Americana. Isso enche o grupo de moral. Sua torcida também vai lotar o Morumbi.

Atlético-MG
Com Ronaldinho Gaúcho no comando e agora fortalecido pelo atacante Diego Tardelli, o Atlético chega forte para a Libertadores também. E vai ter o alcapão do Estádio Independência como arma para intimidar os rivais. O primeiro a sentir esse incômodo é o São Paulo, que joga em Belo Horizonte nesta quarta. O Atlético está louco para ganhar um título importante e demonstra estar maduro para erguer taças.

Fluminense
O campeão brasileiro também conseguiu manter seus jogadores e todo o esquema de jogo do ano passado, quando arrebentou no Nacional. Sobrou na reta final e olha que nem contou com alguns jogadores importantes, como Deco, que mais ficou machucado do que em boas condições. Abel Braga usa esse começo de ano para motivar seu grupo e tentar fazer com que a conquista do Brasileiro não desanime ninguém. Fred, agora na seleção, vai ter mais fome de gol do que antes. E olha que ele foi o artilheiro do campeonato em 2012.

Grêmio
Com Luxemburgo obcecado em ganhar a Libertadores, o clube gaúcho foi o que mais se reforçou para a temporada. O treinador buscou no mercado peças importantes que resolveram seus problemas pontuais. A mais barulhenta de todas foi tirar o atacante Barcos do Palmeiras. Em 2012, o argentino marcou 28 gols. O Grêmio manteve ainda Zé Roberto e Elano. E agora também anunciou André Santos. O time é forte e seu torcedor vai fazer barulho na Arena Grêmio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.