Vini Jr. volta ao Maracanã para ver Flamengo x América-MG numa condição bem diferente de quando saiu da Gávea

Vini Jr. volta ao Maracanã para ver Flamengo x América-MG numa condição bem diferente de quando saiu da Gávea

Atacante ganhou o mundo com a camisa do Real Madrid, confirmou sua condição de craque aos 21 anos e tem tudo para jogar sua primeira Copa do Mundo

Robson Morelli

25 de junho de 2022 | 20h45

O futebol transforma pessoas. Jogador que sabe agarrar suas chances cresce na profissão e na vida. Vini Jr. voltou ao Maracanã neste sábado para ver Flamengo x América-MG numa condição totalmente diferente de quando deixou o clube rubro-negro aos 18 anos, com destino ao futebol europeu. Vinícius Júnior passa férias no Brasil depois de ter sido apontado como um dos principais jogadores do Real Madrid, responsável direto pela conquista da 14ª da Liga dos Campeões, ao fazer o gol da vitória sobre o Liverpool.

Foto: Reuters

Ele também ganhou espaço na seleção brasileira de Tite. Não se tem dúvidas atualmente de que ele será um dos 26 relacionados pelo treinador para a Copa do Mundo do Catar. Vini Jr. não é mais aquele menino de 18 anos tentando vencer no futebol. Ele já é um vencedor aos 21 anos. Mas quer muito mais. Disse, por exemplo, que queria ser como os colegas do Real Madrid que ganharam cinco Ligas dos Campeões. Ele já tem uma na sua conta.

O sorriso, no entanto, é o mesmo. Que continue assim! O Flamengo vendeu o atacante por 45 milhões de euros, perto de R$ 165 milhões. Hoje, ele deve valer duas vezes mais. E o Real Madrid não vende. Ele e Benzema têm chances de ser indicados como melhores do mundo na premiação da Fifa. A temporada foi a melhor de sua carreira. Agora, com a camisa do Flamengo nos ombros, sorriso no rosto, ele caminha pelas alamedas do Maracanã feito uma celebridade, cercado de amigos e de alguns segurança.

Tudo o que sabemos sobre:

futebolVinicius JuniorFlamengoReal Madrid

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.