Vitória contra o São Paulo acabou com qualquer dúvida no Corinthians sobre Mancini para 2021

Vitória contra o São Paulo acabou com qualquer dúvida no Corinthians sobre Mancini para 2021

Treinador ganhou o vestiário, alguns jogadores importantes e tem a confiança do presidente Duílio Monteiro Alves, que ajudou a contratá-lo

Robson Morelli

15 de dezembro de 2020 | 16h59

Se existia alguma dúvida em relação à permanência de Vagner Mancini no Corinthians, ela caiu por terra após a vitória do time sobre o líder São Paulo no fim de semana. Mancini continua no Parque São Jorge. Só sai se ele quiser. Ele ganhou o vestiário, trouxe alguns jogadores importantes para o seu lado e tem total confiança do presidente Duílio Monteiro Alves, que, diga-se, ajudou a contratar enquanto era diretor de futebol.

Mancini carece de alguns bons jogadores, principalmente no ataque. Precisa de mais elenco, não em quantidade, mas em qualidade. Pelo menos dois atletas em cada posição. Não há dinheiro para nada, só para comprar pão amanhecido. O futebol não quer mais saber dessas migalhas, mas o Corinthians ainda anda fazendo alguns desses negócios. Não precisa, até porque a ordem é reduzir custos. O Corinthians não precisa jogar como os seus rivais. Mancini tem o direito de montar seu esquema de acordo com as peças que tem nas mãos.

Há um modismo muito grande no futebol quando um time tem sucesso. Parece que todos os outros devem jogar como ele. Isso não existe. Um time precisa ser eficiente e tentar jogar para alegrar seu torcedor. A eficiência já estará de bom tamanho. Se conseguir dar espetáculo vez ou outra, tanto melhor. O Corinthians tentou de todas as formas mandar o time para frente, bebendo da água de outras equipes que se deram bem na temporada ou em anos anteriores. Não deu certo.

O corintiano só quer que Mancini faça uma boa omelete com os ovos que tem, sem deixar de ser competitivo ou brigar pelos títulos. O ano tem sido duro nesse sentido. Precisa remar bastante ainda. Mas o que fez diante do seu colega Fernando Diniz foi uma boa mostra de que 2021 pode ser melhor. Todos no clube confiam no treinador. Não está descartada premiação por mérito e objetivos ainda nesta temporada. Sul-Americana parece nas mãos. Libertadores seria festejada com rojões.

Tudo o que sabemos sobre:

futebolCorinthiansVagner Mancini

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.