O Chile está com medo da seleção brasileira

Estadão

27 de junho de 2010 | 18h03

JOHANNESBURGO – Pode usar o discurso que quiser. O fato é que o técnico Marcelo Bielsa e quase todo o planeta sabem que o Brasil é favorito contra os chilenos. A prova disso é o discurso positivo de “El Loco” na sonolenta entrevista coletiva deste domingo à noite no Estádio Ellis Park.

Ele quer tentar ganhar no psicológico, porque no 11 contra 11 sabe que é muito difícil. “Quem deve ganhar uma partida é quem erra menos, se não se dedica totalmente não ganha, se não acredita em seu potencial também não. Tem de jogar com a dedicação que impeça o rival de se impor em campo”.

Mais: “Se acharmos que é difícil um jogo contra o Brasil, ele será, a forma de defender menos é atacar, tentaremos atacar, depois a intenção é a melhor colocação dos jogadores. Há vezes que as intenções não podem se concretizar, mas para este jogo faremos o possível para ganhar.”

Resumindo, abro o bolão: Brasil 3 a 0. Só com uma ressalva: sim, tudo pode acontecer, a seleção perder e meu palpite ser o mais furado do mundo – e é justamente por isso que o futebol é sensacional.

Tudo o que sabemos sobre:

Copa 2010Marcelo Bielsaseleção chilena

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.