Centro histórico de Salvador terá rota alternativa para estádio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Centro histórico de Salvador terá rota alternativa para estádio

Seleção Universitária

20 de maio de 2014 | 12h26

Fan Walk tem percurso de um quilômetro para pedestres

Mapa da Fan Walk (Governo do Estado da Bahia/Divulgação)

 

Luiz Fernando Teixeira – especial para o Estado de S. Paulo

SALVADOR – Uma rota especial para os pedestres que quiserem conhecer o centro antigo de Salvador nos dias de jogos da Copa do Mundo, projetada tanto para turistas quanto para baianos. Esta será a Fan Walk, que liga o centro à Arena Fonte Nova e oferece um pouco da história da cidade durante o trajeto de um quilômetro.

O percurso começa no Terminal de Passageiros do Porto de Salvador, no bairro do Comércio, passa pelo Elevador Lacerda e Pelourinho, e segue pelas ladeiras do centro histórico até as proximidades da Arena Fonte Nova. Os pontos da Fan Walk serão sinalizados para facilitar a circulação dos pedestres dos pontos do centro antigo ao estádio.

De acordo com Grace Gomes, coordenadora do Grupo de Mobilidade da Copa e assessora de Mobilidade da Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur), o trajeto também será útil por causa de duas festas tradicionais: São João e 2 de Julho, dia da Independência da Bahia. “São dois eventos que, pela grandeza de ambos, vão oferecer uma oportunidade aos visitantes de conhecerem melhor a cultura baiana”, salientou.

Além disso, o acesso ao estádio, que irá receber seis jogos da Copa do Mundo, está sendo requalificado como parte do Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador, que inclui ações de revitalização do sistema viário, recuperação de calçadas e casarões, nova iluminação pública e cênica, manutenção e limpeza de monumentos, vias e igrejas, além da implantação de dispositivos que garantem a acessibilidade para os portadores de necessidades especiais ou com mobilidade reduzida, nos 11 bairros que integram o Centro Antigo da Cidade.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: