As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em véspera de feriadão, mobilidade para a Arena Pernambuco terá operação especial

Devido ao grande fluxo no sentido do interior, recomenda-se que torcedores saiam mais cedo

Seleção Universitária

20 de junho de 2014 | 09h39

Devido ao grande fluxo no sentido do interior, recomenda-se que torcedores saiam mais cedo

Emanuel Leite Jr. – especial para O Estado de S. Paulo

RECIFE – Pernambuco valoriza suas raízes culturais. Depois do carnaval, o São João é a maior festa popular do estado. E como o feriado prolongado do São João começa nesta sexta-feira ,20, dia em que Costa Rica e Itália se enfrentam, às 13h, na Arena Pernambuco, foi montada uma operação especial para os modais de transporte público para quem vai ao jogo.

É que as festas juninas são celebradas, geralmente, nas cidades do interior – como Caruaru e Gravatá – e a BR-232 termina sendo o caminho para as duas festas: a Copa do Mundo e o São João. Por isso, o transporte público vai começar a operar mais cedo hoje.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o fluxo diário regular de veículos na BR-232 é de 64 mil. Devido ao feriadão, estima-se que este número possa até triplicar. Devido a esse aumento significativo do fluxo, a recomendação é de que o torcedor se dirija ao estádio mais cedo. E, para que isso aconteça, parte do sistema de transporte público especial em dias de jogos da Copa se iniciará entre quatro horas e meia e cinco horas antes do início da partida, entre as 8h e 8h30. A exceção é o metrô, que inicia sua operação às 5h.

A Arena Pernambuco abrirá seus portões apenas às 10h, três horas antes do início do jogo. Porém, para evitar um gargalo no trajeto, os estacionamentos periféricos – Parqtel, Shopping RioMar e Cordeiro – começarão a operar a partir das 8h, já com ônibus circulares levando até o estádio. Já os BRTs começarão a circular a partir das 8h30 e terão 37 veículos à disposição para fazer o denominado corredor Leste/Oeste que liga o Centro da cidade à Arena.

No primeiro jogo realizado no Recife, 23.418 torcedores utilizaram os modais públicos de transporte, o que correspondeu a 58,1% do público  total que assistiu a Costa do Marfim 2 a 1 Japão. A expectativa para Costa Rica x Itália é de que quantidade semelhante de pessoas façam uso dos modais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.