‘Fantástica fábrica de chocolates’ faz mais uma vítima
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Fantástica fábrica de chocolates’ faz mais uma vítima

Nesta sexta-feira, 20, Arena Fonte Nova teve terceira goleada em três partidas

Seleção Universitária

20 de junho de 2014 | 19h11

Nesta sexta-feira, 20, Arena Fonte Nova teve terceira goleada em três partidas

Giroud comemora seu gol, o primeiro da primeira partida na Arena Fonte Nova, na goleada francesa (Ali Haider/EFE)

 

Luiz Fernando Teixeira – especial para O Estado de S. Paulo

SALVADOR – As reações ao fim da partida entre França e Suíça eram previsíveis: os vencedores estavam em êxtase, enquanto os perdedores queriam deixar o estádio o mais rápido possível. Além dos vitoriosos franceses, quem tem motivos para comemorar é o torcedor baiano, que presenciou goleadas nas três partidas da Arena Fonte Nova.

O primeiro jogo da Copa no estádio foi a goleada por 5 a 1 da Holanda sobre a Espanha, no dia 13. O meia Robben e o atacante Van Persie foram os destaques do confronto, com dois gols cada. O zagueiro De Vrij, pela Holanda, e o meia espanhol Xabi Alonso, foram os autores dos outros gols. Três dias depois, a Alemanha fez 4 a 0 em Portugal, com o jovem Thomas Muller, de 24 anos, deixando a sua marca três vezes na partida. O zagueiro Mats Hummels, de cabeça, fez o outro tento para a Alemanha.

“É a fantástica fabrica de chocolates. Estava com medo de que os jogos fossem chatos, como os da Copa passada, mas estão bem melhores”, afirmou o dentista Tiago Lins, que tinha ingressos para as três primeiras partidas. Agora, Lins tentará também comprar entradas para os demais jogos.

O estudante Filipe Castro, de 21 anos, já tem garantidas as entradas de todos os jogos em Salvador. “Está inacreditável, ainda dei sorte de que quase todos os gols foram próximos de onde estava”, comemorou.  “Espero que Bósnia e Irã não estrague a festa.”

A Arena Fonte Nova ainda receberá três partidas da Copa do Mundo: Bósnia e Irã, no dia 25 de junho; uma partida das oitavas de final e outra pelas quartas de final. A maioria dos ingressos já estão vendidos.

COLABOROU PEDRO HALLACK

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.