As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fred marca gol e divide opinião entre torcedores do Fluminense

Há quem tema a saída do jogador do time carioca se ele for bem na Copa

Seleção Universitária

23 de junho de 2014 | 20h50

Há quem tema a saída do jogador do time carioca se ele for bem na Copa
Lara Monsores – especial para O Estado de S. Paulo

RIO DE JANEIRO – O atacante Fred marcou, enfim, seu primeiro gol na Copa do Mundo na vitória do Brasil por 4 a 1 sobre Camarões nesta segunda-feira, 23, em Brasília. O tento do artilheiro do Fluminense, porém, dividiu opiniões entre os torcedores do time carioca que assistiram à partida na Fan Fest de Copacabana nesta tarde. Alguns temem que a vitrine do Mundial possa valorizá-lo e contribuir para que Fred deixe as Laranjeiras após a Copa.

É o que pensa o comerciário José Lopes, 37, que, apesar de comemorar o fim do jejum de gols de Fred, confessou que torce contra o ídolo na seleção. “Foi maravilhoso, mas não queria que ele aparecesse tanto assim na Copa, senão ele sai”, disse.

Há ainda quem já dê como certa a despedida do artilheiro das Laranjeiras. Para Matheus Jamal, 18, que também é jogador de futebol – ele é volante do América-RJ – essa é a hora de Fred sair. “Já estou conformado de que ele vai embora. E, se for da vontade dele, acho que a torcida vai entender. Ele já fez muito pelo Fluminense”, afirmou.

A estudante Isabelle Japor, 20, que foi torcer para o Brasil vestida com a camisa do Flu, defendeu o artilheiro das cobranças que vinha recebendo antes de marcar este gol. “A pressão estava grande e era justo ele fazer um gol agora”, comemora. “Foi importante para levantar a moral dele na seleção”, completou o também tricolor Gabriel Pena, 20.

Por outro lado, há torcedores que confiam na permanência do camisa nove no time do Rio mesmo que ele vá bem na Copa. Fred está no Fluminense desde 2009 e já deu dois títulos brasileiros ao clube, em 2010 e 2012. “Tenho certeza que ele fica”, afirmou o estudante Italo de Almeida, 16. “Ele mora no Leblon, ganha bem e, apesar dos problemas recentes com as organizadas, a torcida o ama. Vai sair por quê?”, duvida. Marcelo Soares, 17, segue a mesma lógica e confia na identificação do jogador com o clube para segurá-lo nas Laranjeiras: “O Fred é tricolor, ele é guerreiro.”

Fred já tem 30 anos e seu contrato com o Fluminense vai até o final de 2015. Vendê-lo após o Mundial seria a oportunidade que o clube teria para recuperar o investimento feito no jogador, cujo salário atual é estimado em R$ 900 mil. O atacante, porém, já declarou diversas vezes que gostaria de encerrar sua carreira nas Laranjeiras.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.