As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Moradores de Salvador não veem legado da Copa para a cidade

Sucesso da Copa na cidade para os turistas não é percebido da mesma forma pela população

Seleção Universitária

17 de julho de 2014 | 13h25

Sucesso da Copa na cidade para os turistas não é percebido da mesma forma pela população

 

SALVADOR – Boa parte dos turistas que visitaram Salvador disseram que gostariam de voltar após a competição. A grande quantidade de gols na primeira fase e as duas emocionantes partidas do mata-mata foram suficientes para fazer com que o Mundial caísse nas graças dos soteropolitanos.

O clima do torneio parece ter agradado, mas os moradores não acreditam que haja um legado para a cidade após a Copa. No centro de Salvador, a maioria das pessoas ouvidas pela Seleção Universitária acredita que não haverá muitas mudanças para a população.
“Os engarrafamentos continuam como sempre foram, não houve nenhuma mudança”, disse a dentista Selma Farias, 38. Ela foi uma das pessoas que afirmaram que as obras de mobilidade que foram feitas para a Copa beneficiam apenas parte da cidade, que utiliza a Avenida Paralela para chegar até o centro de Salvador. Dessa forma, outros setores da cidade continuam caóticos, como o Subúrbio Ferroviário, onde mora a dentista. “A frota de ônibus é baixa e o metrô não vai ajudar as pessoas.”
A Arena Fonte Nova foi concluída em 2013, para a Copa das Confederações. Os soteropolitanos acreditam que após o Mundial deste ano as coisas voltarão a ser como antes, com o estádio sendo a casa do Bahia e atraindo eventuais shows para a capital baiana, cujos preços nem todos vão poder pagar para ver.
“O melhor show que teve até hoje foi o de Elton John, queria ir mas estava muito caro”, lamentou o taxista Leandro Ribeiro, 45. Ele afirmou que nenhum dos seus conhecidos conseguiu ir no show porque os ingressos esgotaram rápido e foi uma apresentação única. Houve quem lembrasse da promessa de grandes espetáculos para aproveitar o espaço da Fonte Nova, mas no geral as pessoas acreditam que o espaço só servirá mesmo para o futebol.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.