Porto Alegre se despede da Copa do Mundo com vitória da Alemanha
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Porto Alegre se despede da Copa do Mundo com vitória da Alemanha

Gaúchos já sentem falta de sediar os jogos do Mundial

Seleção Universitária

30 de junho de 2014 | 20h13

Gaúchos já sentem falta de sediar os jogos do Mundial

Jogadores da Alemanha comemoram gol sobre a Argélia (Edgard Garrido/Reuters)

Lucas Oliveira – especial para O Estado de S. Paulo

PORTO ALEGRE – A última partida disputada na capital gaúcha pela Copa do Mundo foi marcada pela alegria de quem torceu pela Alemanha, mesmo a valente seleção argelina tendo conquistado o público. Mas, independente das seleções preferidas, muitos que vieram ao Beira-Rio nesta segunda-feira, 30, já estão com saudades do Mundial.

Grande parte dos espectadores gaúchos – alguns com ascendência germânica – estavam torcendo pela seleção da Alemanha na classificação sobre a seleção da Argélia. Angélica Küch, 27, garantiu seu ingresso na última hora. “Não comprei ingresso para nenhum jogo e me arrependi. Mas quando fiquei sabendo que Alemanha viria para cá, dei ‘plantão’ no site da Fifa até conseguir. Eu que não era muito a favor da Copa, e em alguns pontos ainda discordo bastante, adorei este clima, tem muitos estrangeiros”, disse.

Claúdio Cunha, 56, além de assitir à partida entre Alemanha e Argélia, também conseguiu ver o jogo entre Holanda e Austrália. Para ele, a Copa do mundo não pode demorar mais 64 anos pra voltar ao Brasil. “Eu não pensei que ia gostar tanto. Pensei que ia ser uma desorganização, mas mesmo assim meu filho comprou ingresso pra mim. Me surpreendi, achei tudo muito legal, e espero que eu ainda consiga ver outra aqui no Brasil”, brinca.

O último gol. O argelino Djabou foi o responsável marcar o último tento no Beira-Rio na Copa. Aos 121 minutos da partida, já na prorrogação, ele descontou pra Argélia, deixando o placar em 2 a 1 pra Alemanha, que segue adiante na competição e pega a França nas quartas de final, no Maracanã, no dia 04 de julho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.