As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Prefeitura do Recife diz que Fan Fest não terá dinheiro público

Seleção Universitária

30 de maio de 2014 | 18h11

Nota não esclarece quem bancará o evento no Cais da Alfândega

 

Emanuel Leite Jr. – especial para O Estado de S. Paulo

RECIFE – Na noite de quinta-feira, 29, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, confirmou a realização da Fan Fest na capital pernambucana. Utilizando o Twitter, o dirigente adiantou que a empresa D+ Produções ficará com a organização do evento. Nesta sexta-feira, 30, a prefeitura do Recife informou através de nota que a festa não será paga com recursos públicos.

De acordo com o comunicado, tudo ficará a cargo da iniciativa privada. O impasse em torno da realização ou não do evento no Recife foi longo. Em fevereiro, a prefeitura anunciou que não financiaria a Fan Fest, então orçada em R$ 20 milhões e prevista para o Marco Zero, no Recife Antigo. Logo, as relações entre a Fifa e a prefeitura da cidade foram estremecidas.

Posteriormente, um novo orçamento apresentou o valor de R$ 6 milhões e um novo local: Cais da Alfândega, no mesmo bairro. Apesar dessa redução do custo, a prefeitura recifense mantinha o posicionamento contrário à organização.

Em seu comunicado, a prefeitura limitou-se a dizer que apenas vai liberar o uso do solo para a empresa organizadora da Fan Fest. O comunicado foi a única forma de pronunciamento oficial por parte do poder público municipal, que não esclareceu qual é a empresa privada que irá bancar os custos da festa.

Confira, abaixo, a nota na íntegra:

“A Prefeitura do Recife reafirma que a decisão de não destinar recursos públicos para o Fifa Fan Fest está mantida. O evento será integralmente realizado e pago pela iniciativa privada. Com a confirmação do Fifa Fan Fest na cidade, anunciada via redes sociais pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, o Município concederá a autorização de uso do solo, no Cais da Alfândega, para a empresa responsável pela realização do evento.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: