ISSO É RUGBY!

jakemangin

12 de dezembro de 2011 | 00h30

 

A cada dia que passa fico mais apaixonado pelo país que me adotou. No começo, eram apenas churrascarias, caipirinhas ou um dia de verão em Maresias – paixões bem típicas de gringo. Mas agora vejo coisas mais importantes como o pequeno clube de rugby que acabei de conhecer, da também pequena cidade de Monte Sião (MG).

No último fim de semana, times de todo o país fizeram sua tradicional peregrinação para o SPAC, clube centenário de São Paulo, que organiza o melhor torneio de Sevens do Brasil. O Lions Sevens, como é chamado, atrai os maiores talentos do esporte, com jogadores mais novos – muitos deles atletas da Seleção Brasileira M19 – duelando pelas suas equipes. Uma demonstração pura e empolgante do que há de melhor no rugby brasileiro.

Não quero falar sobre os resultados ou dizer quem foi o melhor jogador entre os adultos, mas sim sobre o Monte Sião, um clube que começou com a paixão de Valter Le Grazie pelo rugby. Um ex-jogador da Federal, que levou para sua cidade natal a adoração pelo esporte. Depois de três anos de trabalho, ele juntou um elenco de 18 jogadores simplesmente enlouquecidos pelo rugby.

Pedro LeGrazie, filho mais novo do fundador e treinador Valter, teve a oportunidade de experienciar um ambiente de um clube mais estruturado, treinando com o Bandeirantes R.C. este ano. Ele também defendeu a seleção regional de Minas Gerais M19 em 2011.

“Eu aprendi que o respeito e amizade são essências”, diz Pedro, que tentou levar tudo o que aprendeu para Monte Sião, assim como seu pai.

Deixando de lado alguns resultados do fim de semana, o Monte Sião mostrou o coração e a determinação que um clube precisa para arquitetar um futuro consistente. Eles realmente aproveitaram a oportunidade e se divertiram em campo, contra adversários que dificilmente conseguem enfrentar na região onde treinam. O companheirismo e união que eles mostraram representando sua equipe representa exatamente o porquê nós amamos e jogamos este jogo.

O TRY RUGBY aplaude o Monte Sião pelo seu espírito e, não somente incentiva esse novo clube, como também todos os outros que estão surgindo pelo Brasil. Continuem treinando forte e sonhando grande, pois esse é o único caminho para que o rugby brasileiro atinja seu verdadeiro potencial.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

BandeirantesLions 7sMonte SiáoRugbySPAC

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: