Deu Brasil na Indonésia !!!
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Deu Brasil na Indonésia !!!

Lucas Silveira atropela a concorrência (inclusive Medina) e fatura o título

Thiago Blum

04 de maio de 2019 | 15h08

Lucas Silveira, campeão do Krui Pro – foto: WSL

Todo mundo estava de olho em Gabriel Medina.

Afinal, não é todo dia que um bicampeão mundial disputa uma etapa 3 mil do QS.

Como ele está na Indonésia para o Corona Bali Protected, 3ª etapa do circuito mundial da elite que começa no dia 13, entrou no Krui Pro para esquentar as turbinas e desfrutar das longas, rápidas e perfeitas ondas de Ujung Bocur, na ilha de Sumatra.

Gabriel Medina numa das longas esquerdas do evento – foto: WSL

Gabriel surfou solto e não havia ninguém na praia capaz de apostar em outro campeão.

Até as quartas de final, quando ele fez uma bateria um pouco abaixo do nível habitual e acabou eliminado por Mitch Coleborn.

O australiano, claro, virou o favorito ao título e chegou na decisão.

Só que precisou enfrentar outro representante do time verde e amarelo.

Lucas Silveira , campeão na Indonésia – foto: WSL

Lucas Silveira não deu brecha.

Atacou as esquerdas com força e garantiu o troféu.

Com o título, Lucas ganhou 44 posições no ranking da divisão de acesso, e agora ocupa o 22º lugar.

Nat Young , campeão do QS 6 mil de Chiba, no Japão – foto: WSL

A etapa mais importante da semana valendo pontos para o QS aconteceu no Japão.

Os brasileiros ficaram bem longe do pódio. O melhor resultado foi de Flavio Nakagima, que chegou nas oitavas de final.

Ex- integrantes do CT, Ian Gouveia e Alex Ribeiro foram eliminados nas fases iniciais.

A final do Ichinomiya Open em Chiba, mesmo local previsto para receber a estreia do surfe nos Jogos Olímpicos no ano que vem, foi toda americana.

Nat Young bateu Evan Geiselman, garantiu os 6 mil pontos do campeão e assumiu a vice-liderança na classificação geral, atrás apenas de Jadson André.

Alex Ribeiro caiu para a 4ª posição.

O circuito WQS continua na próxima semana, com 3 etapas de menor porte: o Gold Coast Open, em Burleigh Heads, na Austrália, valendo 1500 pontos, o Cabreiroá Pro, em Zarautz, na Espanha, com a mesma pontuação, além do Zig Zag Surf Pro, em Durban, na África do Sul, com 1000 pontos para o campeão.

por @thiago_blum

Tendências: