Domínio dos locais
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Domínio dos locais

Brasileiros se despedem do QS 1000 da Austrália

Thiago Blum

20 de fevereiro de 2020 | 10h22

foto: Ethan Smith / WSL

Mais um dia de competição do outro lado do planeta.

Uma quarta-feira nada boa para o surfe brasileiro no ‘Mothernest Great Lakes Pro’, etapa com status de apenas uma estrela que rola até domingo em New South Wales, na Austrália.

Os dois representantes do time verde e amarelo se despediram da etapa no round 2.

Victor De Carvalho até estreou bem e passou pela primeira fase em segundo lugar de sua bateria.

Mas na sequencia, parou diante de dois surfistas da casa.

Já Ryan Kainalo não achou boas ondas e terminou em 4º lugar da sua disputa.

foto: Ethan Smith / WSL

Como já era esperado, o domínio em Boomerang Beach é dos australianos.

Dos 64 atletas que fazem parte da 3ª fase, 46 são locais.

A maioria de nomes não muito conhecidos no cenário internacional.

Destaque apenas para Billy Stairmand e Kyuss King.

Na lista dos estrangeiros que seguem no evento estão o taitiano Kauli Vaast e o indonésio Oney Anwar.

A chave feminino descansou no segundo dia da janela.

Anne Dos Santos é a única brasileira.

Ela está na 4ª bateria do round 2, ao lado de duas canadenses e uma australiana.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: