Duelos no paraíso
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Duelos no paraíso

Quinta-feira com competição apenas na parte da manhã em Fernando de Noronha

Thiago Blum

13 de fevereiro de 2020 | 15h56

Cacimba do Padre, Fernando de Noronha – foto: Daniel Smorigo

O dia foi mais curto do que se esperava.

Mas não faltou ação na Cacimba do Padre.

12 disputas na água fecharam toda a chave do round de 48.

E uma bateria isolada da 3ª fase definiu os primeiros classificados entre os 24 finalistas do ‘Oi Hang Loose Pro Contest’.

Vamos pela ordem.

O primeiro favorito a entrar em ação nesta quinta foi Jadson André.

E o campeão da etapa de Fernando de Noronha no ano passado não teve problemas para avançar.

Vice em 2019, Yago Dora fez a maior soma do 3º dia (14,07) e também terminou em primeiro na estreia.

Mas eles não estão sozinhos.

Ian Gouveia – foto: Daniel Smorigo

Ian Gouveia, Samuel Pupo e Douglas Silva foram outros brazucas que deixaram a concorrência pra trás.

Cauã Costa, Léo Casal, Vitor Ferreira, Pedro Neves, Alejo Muniz, Luan Wood e Thiago Camarão passaram com a 2ª colocação.

Mas houve surpresas: João ‘Chumbinho’ Chianca, Victor Bernardo e Lucas Silveira se despediram do evento bem antes do esperado.

Flavio Nakagima, Ryab Kainalo, Rafael Teixeira, Artur Silva, Dunga Neto, Alex Lima, Igor Moraes, Alan Jhones, Fernando Junior, Kauê Germano, Eduardo Mota, Alan Donato e Felipe da Silva foram os outros representantes do time verde e amarelo eliminados no 3º dia do torneio.

Filipe Toledo – foto: Daniel Smorigo

Já entre os 24

Apesar das condições complicadas, a organização da prova chegou a colocar a 1ª bateria do round 4 no mar.

Com boas manobras, Filipe Toledo venceu com folga.

E carregou o compatriota Marcos Correa para a fase seguinte.

Junior Lagosta e o argentino Santiago Muniz (irmão de Alejo) pararam por aí.

Em seguida, a etapa foi paralisada e só volta nesta sexta.

Marcos Correa – foto: Daniel Smorigo

Confira como ficaram os próximos confrontos do round de 48:

heat 2: Luke Gordon (EUA), Marco Giorgi (URU), Weslley Dantas e Joan Duru (FRA)

heat 3: Jake Marshall (EUA), Willian Cardoso, Edgard Groggia e Róbson Santos.

heat 4: Jhony Corzo (MEX), Charly Quivront (FRA), Ian Gentil (HAW) e Luel Felipe

heat 5: Jesse Mendes, Madson Costa, Deyvson Santos e Geovane Ferreira

heat 6: Renan Peres Pulga, Wiggolly Dantas, Miguel Tudela (PER) e Heitor Alves

heat 7: Jadson André, Lucca Mesinas (PER), Vitor Ferreira e Alonso Correa (PER)

heat 8: Cauã Costa, Léo Casal, Vasco Ribeiro (POR) e Douglas Silva

heat 9: Samuel Pupo, Nomme Mignot (FRA), Alejo Muniz e Gatien Delahaye (FRA)

heat 10: Pedro Neves, Marc Lacomare (FRA), Ramzi Boukhiam (MAR), e Noe Mar McGonagle (CRC)

heat 11: Marco Mignot (FRA), Ian Gouveia, Thiago Camarão e Guillermo Satt (CHI)

heat 12: Maxime Huscenot (FRA), Luan Wood, Mason Ho (HAW) e Yago Dora

Samuel Pupo – foto: Daniel Smorigo

Segundo a previsão, a sexta-feira deve ser o dia com as melhores condições do mar.

Vento terral e swell com ondas de 1 a 1,5 metro.

O ‘Oi Hang Loose Pro Contest’ termina no domingo e dá 5000 pontos para o campeão.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: