Faltam ondas na Austrália
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Faltam ondas na Austrália

Em 5 dias, apenas 9 baterias disputadas em Bells Beach

Thiago Blum

21 de abril de 2019 | 01h03

Flat… on hold… postponed… off for the day…

São as expressões mais ouvidas até aqui na 2ª etapa do circuito mundial da WSL.

Evento parado… DE NOVO!

E nada de Rip Curl Pro Bells Beach neste domingo de Páscoa.

Quem pegou a belíssima Great Ocean Road no estado de Victoria, terá tempo de sobra para curtir o visual dos ’12 Apóstolos’, famosas formações rochosas que ficam perto da área de competição.

Por causa da falta de ondas, apenas 9 baterias da etapa masculina foram disputadas nos primeiros 5 dias do evento mais tradicional do circuito mundial.

As meninas sequer entraram caíram na água.

E a expectativa não é das melhores.

O swell está previsto apenas para 5ª feira, penúltimo dia da janela do campeonato.

Dos 11 brasileiros, 7 já competiram.

Ítalo Ferreira, Gabriel Medina, Filipe Toledo, Jadson André e Yago Dora avançaram direto para o round 3.

Caio Ibelli e Michael Rodrigues terão que disputar a repescagem.

Willian Cardoso, Jesse Mendes, Peterson Crisanto e Deivid Silva ainda não estrearam.

Tatiana Weston-Webb é nossa única representante na chave feminina.

por @thiago_blum

Tendências: