Favoritos avançam em Peniche
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Favoritos avançam em Peniche

Chances de Medina ser campeão mundial em Portugal são pequenas e título deverá ser decidido no Havaí

Thiago Blum

18 de outubro de 2019 | 14h34

Gabriel Medina – foto: WSL

A sexta-feira foi longa na 10ª etapa da WSL.

E o time verde e amarelo segue firme no caminho das finais do ‘MEO Rip Curl Pro’, que rola em Portugal.

Dos 11 representantes brasileiros, 7 estão garantidos na fase oitavas de final.

Ainda existe a chance de Gabriel Medina ser tricampeão mundial antecipadamente.

Filipe Toledo – foto: WSL

Mas os resultados da sexta-feira diminuíram bem essa possibilidade, já que além do líder da temporada, os outros 4 integrantes do top 5 do ranking seguem na competição.

Medina usou todas as manobras para eliminar o local Miguel Blanco, um dos convidados da etapa.

Para sair da Europa com o caneco de 2019, GM terá que vencer o evento e torcer para Filipe Toledo perder na próxima bateria e Ítalo Ferreira não chegar na decisão.

Ítalo Ferreira – foto: WSL

Os confrontos Brasil x Portugal aliás, dividiram a torcida na praia de Supertubos.

Precisando ir longe em Peniche e ainda contar com um tropecinho do camisa 10, Filipe Toledo e Ítalo Ferreira apostaram no jogo aéreo e também derrubaram surfistas da casa no round 32.

Filipinho tirou Vasco Ribeiro.

Ítalo eliminou o ídolo Frederico Morais.

Jesse Mendes – foto: WSL

Se a briga pelo título ainda segue, a disputa pela reclassificação para a elite em 2020 não está menos quente.

3 brazucas que precisam de bons resultados na despedida da perna europeia, viveram fortes emoções.

Peterson Crisanto – foto: WSL

Na melhor bateria do dia, Peterson Crisanto foi o dono do show.

Logo nos primeiros minutos do duelo contra Jeremy Flores, ele viu o francês alcançar os 15 pontos.

Teve paciência para esperar e foi ousado no moneto certo. Com um mega aéreo full-rotation, o paranaense tirou um 9,87 – melhor nota do campeonato. Em seguida, fez outra boa onda, alcançou o maior somatório do dia e garantiu passagem para as oitavas.

Com números mais modestos, Caio Ibelli e Jesse Mendes também avançaram com viradas.

Caio superou o taitiano Michel Bourez com duas notas acima de 6 pontos nos minutos finais.

Caio Ibelli – foto: WSL

Jesse passou pelo australiano Owen Wright com um aéreo protocolar, mas providencial.

O outro classificado entre os 16, saiu do único encontro 100% nacional da fase. Em uma bateria com notas baixas, Michael Rodrigues venceu Deivid Silva.

Assim como DVD, Yago Dora, Willian Cardoso e Jadson André se despediram na 17ª colocação.

Michael Rodrigues – foto: WSL

Confira os próximos confrontos:

  1. Jordy Smith (AFS) x Griffin Colapinto (EUA)
  2. Kolohe Andino (EUA) x Michael Rodrigues
  3. Filipe Toledo x Wade Carmichael (AUS)
  4. Kanoa Igarashi (JPN) x Kelly Slater (EUA)
  5. Gabriel Medina x Caio Ibelli
  6. Peterson Crisanto x Jesse Mendes
  7. Ítalo Ferreira x Conner Coffin (EUA)
  8. Jack Freestone (AUS) x Soli Bailey (AUS)

Pelas condições, a previsão é que os eventos masculino e feminino terminaram já no próximo domingo.

por @thiago_blum

 

 

Tendências: