Festa ‘aussie’ no paraíso das bombas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festa ‘aussie’ no paraíso das bombas

Owen Wright vence e frusta tri de Medina no Tahiti

Thiago Blum

28 de agosto de 2019 | 23h30

Owen Wright, campeão do Tahiti Pro 2019 – foto: WSL

Foi mais um dia épico para o surfe mundial.

Era o que todos esperavam em se tratando de Teahupoo.

Com ondas clássicas e show de tubos.

E quem colocou mais pra dentro, saiu de lá com o título.

Owen Wright e Gabriel Medina repetiram a decisão do ano passado, mas desta vez quem virou no fim foi o australiano.

Owen Wright – foto: WSL

Medina controlou a decisão quase o tempo todo, mas OW pegou duas boas, somou mais de 17 pontos e levou o troféu, inédito na sua carreira.

Nos últimos 6 anos, o brasileiro fez 5 finais e uma semifinal no Tahiti.

Desta vez o lugar mais alto do pódio escapou pelos dedos.

O tri nas pesadas esquerdas fica para 2020.

Gabriel Medina com o 5º troféu em 6 anos no Tahiti – foto: WSL

Adriano de Souza, Caio Ibelli e Jadson André também competiram no último dia.

Botaram pra baixo sem medo como em todo o evento, mas pararam nas quartas de final.

Fã confesso do pico, Jadosn André ficou em 5º em Teahupoo – foto: WSL

Os resultados da 7ª etapa embolaram de vez a briga na classificação geral.

Eliminado nas oitavas, Filipe Toledo ultrapassou Kolohe Andino, assumiu a ponta e vai vestir a lycra amarela na piscina de Lemoore, Califórnia.

Medina escalou 3 posições e deixou Ítalo Ferreira pra trás na corrida por uma das vagas para a Olimpíada de Tóquio-2020.

Confira o ranking:

  1. Filipe Toledo – 36600 pts
  2. Jody Smith (AFS) – 35450 pts
  3. Kolohe Andino (EUA) – 35175 pts
  4. Gabriel Medina – 34695 pts
  5. John John Florence (HAW) – 32690 pts
  6. Ítalo Ferreira – 31280 pts
  7. Kanoa Igarashi (JPN) – 30780 pts
  8. Owen Wright (AUS) – 27365 pts
  9. Seth Moniz (HAW) – 22885
  10. Kelly Slater (EUA) – 22385 pts

Gabriel Medina – foto: WSL

A 8ª etapa, na água doce do Surf Ranch de Kelly Slater começa no dia 19 de setembro.

E vale lembrar: no ano passado Gabriel Medina venceu lá..

E Filipinho ficou com o vice.

Alguma dúvida que a briga vai ser quente?

@thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.