Festa portuguesa, com certeza
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festa portuguesa, com certeza

Frederico Morais vence na Ilha dos Açores, Miguel Pupo é o 3º

Thiago Blum

22 de setembro de 2019 | 14h29

Mitch Crews e Frederico Morais: vice e campeão no QS 6 mil de Portugal – foto: WSL

Deu Portugal em Portugal.

Ex-top do WCT, Frederico Morais foi o grande vencedor do ‘Azores Airlines Pro’, QS 6 mil que rolou na praia de Santa Barbara, nos Açores.

Depois do sábado com condições bem complicadas, o mar alisou e ficou com bom tamanho.

O domingo foi show de surfe, com festival de tubos para os dois lados.

Na decisão, o local do pico bateu o australiano Mitch Crews por quase 10 pontos de diferença.

Com o título, Frederico subiu 20 posições no ranking e passou a fazer parte da lista dos 10 melhores do ranking da divisão de acesso.

Miguel Pupo – foto: WSL

Miguel Pupo – campeão da etapa 10 mil da Galícia há duas semanas – foi de novo o melhor brasileiro.

Parou na semifinal, ficou com a 3ª colocação e pulou para a vice-liderança na classificação geral, atrás apenas de Jadson André.

Outro que brilhou durante todo o evento foi Luel Felipe.

Luel Felipe – foto: WSL

Depois de fazer as notas mais altas na semana, ele chegou nas quartas  de final e só parou diante de Miguel Pupo.

Subiu 9 postos na corrida e agora está em 26º na temporada.

Samuel Pupo também chegou no último dia nos Açores e finalizou a participação nas oitavas.

Alex Ribeiro em 3º, Deivid Silva (7º) e Yago Dora (8º) seguem entre os principais classificados do WQS.

Na terça-feira, mais um evento português no calendário.

Ericeira recebe o 4º dos 6 torneios 10 mil de 2019.

Parada que pode indicar os rumos para quem pretende estar na elite da World Surf League em 2020.

por @thiago_blum

Tendências: