ISA World Surfing Games 2021
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

ISA World Surfing Games 2021

International Surfing Association (ISA) anunciou as novas datas

Thiago Blum

16 de novembro de 2020 | 20h08

El Sunzal, El Salvador – foto: divulgação

É claro que não rolou em 2020.

Mas se tudo der certo, ano que vem vai rolar.

A entidade responsável pelo ‘ISA World Surfing Games’, anunciou a nova data do evento final de qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

De 29 de maio a 6 de junho, em El Salvador.

Duas praias foram pré-selecionadas: ‘La Bocana’ e ‘El Sunzal’.

La Bocana, El Salvador – foto: divulgação

O Brasil defende o título por equipes conquistado no Japão ano passado.

Nas disputas individuais, Ítalo Ferreira levou o ouro, Gabriel Medina e Silvana Lima colocaram a medalha de bronze no peito.

O time verde e amarelo será representado por seis atletas, os olímpicos Gabriel Medina, Italo Ferreira, Silvana Lima e Tatiana Weston-Webb, além de Filipe Toledo e Julia Santos.

Os quatro surfistas confirmados na Olimpíada precisam competir para confirmar a condição de elegível.

Filipe está convocado porque também é elegível, devido à sua classificação no CT de 2019 (4º colocado).

Caso um dos titulares não puderem competir, ele será o substituto imediato.

Ítalo Ferreira comemorando o título do ISA Games em 2019 – foto: ISA

No feminino, o Brasil não tem substituta. Júlia foi escalada por ser a atual campeã do ‘CBSurf Pro Tour’.

Nosso time está fechado, mas ainda restam vagas para a estreia do surfe como esporte olímpico: 5 para os homens e 7 para as mulheres.

“Estamos ansiosos para receber as melhores equipes nacionais de surfe do mundo para competir coletivamente e individualmente pelas cobiçadas vagas de qualificação para Tóquio. A segurança dos atletas e da equipe sempre será nossa maior prioridade e continuaremos monitorando ativamente as informações mais recentes disponíveis para criar um ambiente seguro para a competição”, afirmou Fernando Aguerre, presidente da ISA.

por @thiago_blum

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.